Escolhidos os membros que vão coordenar os trabalhos da CPMI dos Sanguessugas

Antonio Carlos Biscaia (PT-RJ) será o presidente da comissão, que terá como relator o senador Amir Lando (PMDB-RO)

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Foram escolhidos nesta quinta-feira, dia 22 de junho, os membros que vão coordenar os trabalhos da CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) dos Sanguessugas, comissão formada para investigar a compra fraudulenta e superfaturada de ambulâncias por prefeituras.

O deputado Antonio Carlos Biscaia (PT-RJ) será o presidente da comissão, que terá como relator o senador Amir Lando (PMDB-RO), que foi o presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito da Compra de Votos. A CPMI contará ainda com 36 parlamentares titulares.

Encarregados

Dentre os pontos que chamam a atenção, é interessante citar que dos parlamentares titulares da comissão, três deputados aparecem em lista de possível envolvimento na compra fraudulenta de ambulâncias.

Outro ponto inusitado diz respeito ao fato de Ney Suassuna estar evolvido nas acusações. Suassuna é o líder no Senado do PMDB, partido do senador Amir Lando, que será o relator da comissão.

O senador Amir Lando não vê problemas nestes fatos e comenta que os encarregados em investigar as denúncias dentro da CPMI dos Sanguessugas devem ter o compromisso com a verdade.