Escolha do relator para o novo processo contra Renan Calheiros é adiada

Presidente do Conselho de Ética espera encontrar nos próximos dias um parlamentar que aceite a função

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O presidente do Conselho de Ética do Senado, Leomar Quintanilha, adiou para a próxima semana a escolha do relator para o novo processo contra o senador Renan Calheiros.

Com poucas opções de nomes dispostos a assumirem a função, Quintanilha espera conseguir encontrar nos próximos dias um parlamentar que aceite investigar a suposta relação do presidente do Senado com a empresa Schincariol.

Quintanilha ainda sinalizou que, caso encontre dificuldades para achar um nome, poderá seguir o mesmo modelo de relatoria tripla a fim de evitar novos impasses no Conselho. No entanto, o senador afirmou que não deve indicar os mesmos senadores que já relatam o primeiro processo por quebra de decoro para não atrasar as investigações iniciadas.

Conclusão da perícia

PUBLICIDADE

O senador Renato Casagrande, um dos três relatores do processo contra Renan por quebra de decoro parlamentar, espera que seja concluída na próxima semana a perícia da Polícia Federal nos documentos do investigado.

O planejamento do senador é o seguinte: “na semana que vem, recebemos a perícia da Polícia Federal; na outra semana, vamos ouvir o senador Renan Calheiros; e daqui a 15 ou 20 dias, vamos votar no Conselho de Ética”.