Entrevista

Entrevista de Dilma Rousseff será exibida esta noite na TV aberta

"Dilma avalia que, se Eduardo Cunha tivesse sido afastado pelo STF antes de 17 de abril, teria sido mais difícil a Câmara aprovar o pedido de impeachment", contou o jornalista

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O jornalista Kennedy Alencar, do canal SBT, entrevistou a presidente afastada Dilma Rousseff na tarde desta quarta-feira (29), em Brasília e a conversa será apresentada na edição desta noite do SBT Brasil, que começa às 19h45 (horário de Brasília).

De acordo com o canal, o jornal irá exibir apenas trechos da entrevista, que será disponibilizada na íntegra logo em seguida no site do SBT. A presidente falou sobre a atual situação política e econômica do país, o seu governo, o processo de impeachment no Senado, uma possível volta ao cargo, entre outros assuntos, afirma a nota do SBT.

Em seu Twitter, Kennedy Alencar afirmou que durante a entrevista, Dilma afirmou que Eduardo Cunha, presidente afastado da Câmara dos Deputados, é uma ameaça integral para o presidente interino Michel Temer.

PUBLICIDADE

“Dilma avalia que, se Eduardo Cunha tivesse sido afastado pelo STF antes de 17 de abril, teria sido mais difícil a Câmara aprovar o pedido de impeachment”, contou o jornalista na rede social.