Ex-presidente

Em vídeo, FHC ataca corrupção e diz que é preciso desatar nó político em 2016

Sem citar nomes, ex-presidente diz que não é necessário apenas tirar os maus políticos, mas mudar o modo de se fazer política no Brasil

SÃO PAULO – “Apesar de todas as dificuldades, que foram muitas, chegamos ao fim deste ano com a demoracia funcionando e a Justiça ativa”, diz o ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso em vídeo de mensagem de final do ano. Para ele, é necessário reconstruir o Brasil, o que seria impossível sem resolver primeiramente a questão política. 

Ele afirma que é muito difícil acreditar no sistema partidário eleitoral tal como ele é hoje, por conta de problemas como a corrupção e a falta de diálogo dos políticos com a sociedade. “As pessoas querem uma maior proximidade, um maior controle do processo de decisão política”, explica o ex-presidente. 

“Os meus votos são de termos a coragem de fazer o necessário na política. Mudar para valer. Não é para tirar A ou B, é para mudar o modo como se faz política no Brasil. Precisamos acabar com a corrupção organizada como ela se organizou no Brasil e é preciso enfrentar os nossos problemas com tranquilidade, falando com as pessoas”, diz. 

PUBLICIDADE

FHC, no entanto, não citou nenhum nome durante a mensagem. Vale lembrar que há pouco mais de uma semana o PSDB se unificou a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff. No entanto, o presidente nacional do partido, Aécio Neves, disse que o PSDB não irá nem pensar em cargos em um eventual governo do vice-presidente, Michel Temer. 

O vídeo foi divulgado nas redes sociais do ex-presidente. Para ver a postagem clique aqui