Política

Dilma transfere articulação política do governo para Michel Temer

A presidente ainda anunciou a saída de Pepe Vargas, que já estava demissionário desde que ficou sabendo que Dilma convidou Eliseu Padilha para seu lugar na Secretaria de Relações Institucionais

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Após recusa de Eliseu Padilha para assumir a Secretaria de Relações Institucionais, a presidente Dilma Rousseff transferiu as atribuições da articulação política de seu governo para o atual vice-presidente Michel Temer. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

O anúncio aos líderes governistas foi feito pela presidente em reunião na tarde desta terça-feira (7) no Palácio do Planalto, de acordo com informações cedidas à Folha do deputado Sibá Machado (PT). Dilma ainda aproveitou para anunciar a saída de Pepe Vargas, atual ministro da Secretaria de Relações Institucionais. A presidente já teria conversado com Michel Temer antes da reunião com os líderes nesta tarde.

Um assessor presidencial falou à Folha que a troca além de reduzir o desgaste do governo com uma possível recusa definitiva de Eliseu Padilha, secretário da Aviação Civil, ainda cumpre o objetivo de passar para o PMDB a articulação política do governo.

PUBLICIDADE

De acordo com a matéria, a preocupação agora é saber como ficará a Secretaria de Relações institucionais, que era encabeçada por Pepe Vargas até que este tomou conhecimento, pela imprensa, de que Dilma Rousseff havia convidado Eliseu Padilha para seu cargo; ele então estava demissionário desde então. Pepe não compareceu à reunião no Palácio do Planalto, assim como Padilha; segundo um assessor, Dilma ainda pode extinguir a Secretaria de Relações Institucionais.