À beira do colapso

Dilma está empurrando o Brasil para o abismo e deveria renunciar, diz Washington Post

"Dilma, cujo governo está paralisado durante meses, poderia servir melhor ao seu país se permitisse a seu vice-presidente formar um novo gabinete de coalizão", afirma o jornal americano

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O jornal americano Washington Post reforçou o coro dos ingleses The Guardian e The Economist ao pedir a renúncia da presidente brasileira Dilma Rousseff. Em artigo chamado “Brasil no limite do colapso”, o jornal lembra da nomeação de Lula para o ministério da Casa Civil.

Segundo o jornal, a presidente poderia ter feito isso a um ano, quando o ex-presidente ainda mantinha o status de ícone nacional imensamente popular, mas isso mudou em meio às investigações sobre corrupção e de lavagem de dinheiro. 

“Até agora, o caso para tirar Dilma do poder parecia duvidoso. Ela é acusada de pedaladas fiscais antes de sua reeleição de 2014, um comportamento que pode ter contribuído para os graves problemas econômicos do país, mas que dificilmente mereceria uma acusação. Sua aparente tentativa de proteger Lula, de qualquer maneira, pode justificar um ato contra a presidente. A opinião se voltou contra ela: uma pesquisa diz que 68% dos brasileiros estão a favor do impeachment, enquanto o jornal O Globo informou que o número de deputados que a apoiam na Câmara caiu de 250 para 172, pouco acima dos 171 necessários para barrar o impeachment”.

Aprenda a investir na bolsa

O jornal lembra ainda que Dilma afirmou esta semana que nunca renunciará e acusou os opositores de promoverem um golpe contra a democracia. “Na verdade, o fio de esperança da crise brasileira é de que ela reflita as instituições democráticas maduras do país e a sua adesão ao Estado de direito”, ressalta o jornal. O Washington Post destaca que o juiz federal que conduz a investigação, Sergio Moro, tornou-se um herói nacional.  

“O perigo é que o sistema político possa entrar em colapso, tornando-se impossibilitado de tomar as medidas necessárias para estabilizar a economia. Dilma, cujo governo está paralisado durante meses, poderia servir melhor ao seu país se permitisse a seu vice-presidente formar um novo gabinete de coalizão. Ao entricheirar-se, ela está empurrando o Brasil para o abismo”, finaliza o jornal. 

Especiais InfoMoney:

As novidades na Carteira InfoMoney para março

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa