"com todas as forças"

Dilma diz para aliados que vai defender seu mandato “com unhas e dentes”

Segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, presidente se defendeu de acusações para seus aliados nesta segunda-feira

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Após convocar uma reunião de emergência nesta segunda-feira (6) para tratar com aliados do atual “clima de impeachment”, a presidente Dilma Rousseff (PT) teria desabafado para seus auxiliares que vai se defender e defender seu governo das acusações que estão sendo feitas, “com unhas e dentes”. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. Segundo a publicação, Dilma rechaça a tese de impeachment que a oposição está destacando.

Para a presidente, as pessoas que estão fazendo delação premiada “vão ter de provar o que estão falando”, enquanto ela irá se defender. Segundo o jornal, a petista defende que o resultado das urnas tem de ser respeitado e é por isso que ela vai defender “com todas as suas forças” o seu mandato e o seu governo.

A presidente Dilma e seu governo estão preparando uma “defesa consistente” para ser apresentada no Tribunal de Contas da União (TCU), explicando que as chamadas “pedaladas fiscais” foram feitas em outros governos. Ainda de acordo com a publicação, o encontro de hoje serviu para que a presidente adiantasse o que será apresentado ao TCU para seus aliados.

Aprenda a investir na bolsa

A presidente acredita que há um esforço da oposição em incriminá-la e demonstrou franca disposição de enfrentar este momento “com toda tranquilidade”, “mas com a firmeza necessária”, segundo informou um ministro ao Estadão.