Opinião

Delfim Netto aumenta coro por saída de Dilma: “Acabou! Não tem governo”

Ao jornal Valor Econômico, ele afirmou que o processo, agora, "se acelerou e não há mais acerto possível"

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Na tarde de terça-feira (23), a presidente Dilma Rousseff voltou a falar sobre o atual cenário político e mais uma vez afirmou que “não vai ter golpe” durante o evento “Encontro com Juristas pela Legalidade e Defesa da Democracia”, realizado no Palácio do Planalto. Após acompanhar a fala da petista, o ex-ministro Delfim Netto concluiu “Acabou! Não tem governo”.

Ao jornal Valor Econômico, ele afirmou que o processo, agora, “se acelerou e não há mais acerto possível”. Para Delfim, o desfecho para Dilma está praticamente dado e ela deve ser tirada do governo. Outra hipótese é de ela conseguir os 172 votos para barrar o impeachment na Câmara. Nesse caso, ganha “mas não governa”, afirma o ex-ministro.

Durante o evento, Dilma aproveitou a fala para também criticar a divulgação dos grampos nos quais ela aparece conversando por telefone com o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. “Gravação é evidente violação da soberania nacional”, afirma.

PUBLICIDADE

Dilma também criticou o que diz ser uma militância política de alguns juízes, que, segundo ela, julgam de acordo com as suas ideologias. “Juiz não pode ter como meta condenar adversários”, avaliou.

Especiais InfoMoney:

As novidades na Carteira InfoMoney para março

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa