Um ponto positivo

Cresce apoio da população à reforma da previdência e governo se anima em dobrar aposta

Vital para a aprovação, a comunicação do governo com a população dá sinais de melhora

SÃO PAULO – A reforma da previdência ainda esbarra em muitas dificuldades para e sua votação pode ser adiada – mas o governo pode ter pelo menos um motivo para comemorar. 

Vital para a aprovação, a comunicação do governo com a população dá sinais de melhora (veja mais sobre o assunto clicando aqui), conforme aponta a coluna Painel, da Folha de S. Paulo. Isso porque as primeiras pesquisas sobre a repercussão das publicidades pela reforma da Previdência mostram que, embora ainda longe de  ser um consenso, a aceitação da proposta cresceu sensivelmente, especialmente nas classes D e E.

Com a melhora no ambiente para debater com a população, o governo vai dobrar a aposta e liberar mais R$ 72 milhões para reforçar a ofensiva de comunicação, aponta o jornal. 

PUBLICIDADE

Grande parte da nova verba será utilizada para ampliar a exibição das peças que defendem as novas regras de aposentadoria e outra parte (bem menor) para divulgar o programa Avançar. De acordo com os levantamentos feitos pelos parlamentares do Nordeste, o  mote do “combate aos privilégios” começou a colar. 

De qualquer forma, o governo já reconhece que não conseguirá aprovar o texto na próxima semana e que 13 de dezembro é agora a data limite.