Confira os indicadores e os eventos corporativos previstos para sexta-feira

Agenda doméstica segue sem indicadores relevantes; no Japão, segundo dia de reunião do BoJ define política monetária do país

SÃO PAULO – A agenda econômica doméstica segue sem indicadores de peso nesta sexta-feira (21). No âmbito externo, o segundo dia de reunião do BoJ (Bank of Japan) define a decisão da autoridade quanto à sua política monetária.

Em sua última reunião, o colegiado optou por cortar a taxa básica de juro do Japão para 0,3% ao ano – anteriormente, era de 0,5% ao ano. A queda no PIB (Produto Interno Bruto) anunciada no início da semana pressiona a decisão dos membros.

Nos EUA, Charles Plosser, presidente do Federal Reserve da Filadélfia e membro votante do FOMC (Federal Open Market Committee), participa de conferência sobre a crise financeira na Pennsylvania.

Confira os indicadores previstos para o exterior

PUBLICIDADE

Indicadores internacionais Horário de BrasíliaReferência AnteriorExpectativa
Discurso de Charles Plosser – membro votante do Fed (EUA)11h30
Reunião do Bank of Japan -2º dia (JAP)Novembro0,3%