Crise política

Confira a íntegra do pedido de impeachment assinado por Bicudo, Janaina e Reale Jr.

Eduardo Cunha deflagrou nesta quarta-feira o pedido protocolado pelos advogados contra a presidente Dilma Rousseff

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em meio ao acirramento da disputa por votos para a admissibilidade ou arquivamento do relatório contra o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), no Conselho de Ética, a crise política encontrou um novo elemento de instabilidade nesta quarta-feira (2). O peemedebista já ameaçava, mas foi afrontado pela bancada petista, que teve seus três representantes no conselho se posicionando de modo favorável à continuidade do processo que pode culminar na cassação de seu mandato.

Como consequência, Cunha cumpriu o que prometera: aceitou um pedido protocolado pelos advogados Hélio Bicudo – um dos fundadores do PT -, Janaína Paschoal e Miguel Reale Júnior, contra a presidente da República, Dilma Rousseff. O texto, datado de outubro fundamenta-se em três aspectos principais: a suposta continuidade da prática das pedaladas fiscais; as irregularidades na compra da refinaria de Pasadena (EUA); e irregularidades nas contas eleitorais da presidente durante a campanha do ano passado.

Para ter acesso ao pedido completo, clique aqui.

Aprenda a investir na bolsa