"Contra o golpe"

Chico Buarque assina manifesto contra julgamento de Lula no TRF-4, aponta jornal

Documento foi intitulado como “Eleição sem Lula é fraude“

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Arquitetado pelo ex-ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, será lançado nesta terça-feira (19) um manifesto intitulado como “Eleição sem Lula é fraude”, que acusa como um “golpe” o julgamento do TRF-4 (Tribunal Federal Regional da 4ª Região) que pode tornar inelegível o ex-presidente para 2018, segundo informa a coluna Painel, da Folha de S. Paulo.

O texto, que contém críticas ao governo de Michel Temer e ao processo conduzido pelo TRF-4, que foi reprovado pela defesa de Lula pela tramitação recorde, foi assinado por Chico Buarque e pelo filósofo norte-americano, Noam Chomsky, aponta a reportagem. Para completar, o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) montará um acampamento em Porto Alegre a partir de 8 de janeiro para acompanhar o julgamento do recurso do ex-presidente, que está marcado para 24 de janeiro.

Lula foi condenado no dia 12 de julho pelo juiz federal Sérgio Moro a 9 anos e 6 meses por corrupção e lavagem de dinheiro em 1.ª instância neste caso. O TRF-4 é o tribunal de apelação, ou seja, se a condenação do petista for mantida pelo colegiado, ele poderá se tornar inelegível pelos critérios da Lei da Ficha Limpa, além de ter sua pena executada, o que o levaria a ser preso.

PUBLICIDADE