EXPERT XP 2020 Leandro Karnal discute a sociedade brasileira e seu futuro; acompanhe ao vivo

Leandro Karnal discute a sociedade brasileira e seu futuro; acompanhe ao vivo

Contra desejos de Levy

Cerco a senadores na Venezuela adia votação da desoneração

O novo adiamento contraria o desejo manifestado pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, que pedia mais cedo para que projeto fosse votado hoje na Câmara

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O incidente com senadores na Venezuela provocou novo adiamento na votação do projeto de lei que revê a política da desoneração a folha de pagamento de 56 setores da economia, que era para ser votado hoje. A votação deverá ser agora entre quarta e quinta-feira da semana que vem. O novo adiamento contraria o desejo manifestado pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, que pedia mais cedo para que projeto fosse votado hoje na Câmara.

O projeto de lei, no entanto, teve votação adiada e continuará na pauta na próxima semana. O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, informou que o Plenário terá pauta normal na semana que vem.

Em virtude das festas de São João, um acordo de líderes isentou os deputados do Nordeste de descontos no salário por ausências nas votações. O líder do PMDB na Câmara, o deputado Leonardo Picciani, relator do PL 863, disse a repórteres que espera ter quórum para votação do projeto na semana que vem.