Bolsonaro diz que será internado nesta 2ª para realizar duas cirurgias

Intervenções acontecerão no hospital Vila Nova Star, na zona sul da capital paulista, onde Bolsonaro passou por exames preparatórios

Reuters

O presidente Jair Bolsonaro (Foto: Isac Nóbrega/PR)

Publicidade

O ex-presidente Jair Bolsonaro será internado nesta segunda-feira (11) em um hospital em São Paulo para realizar duas cirurgias, disse o próprio ex-presidente à Reuters na noite de domingo.

Inicialmente, Bolsonaro passaria por três intervenções cirúrgicas neste mês, mas os médicos que acompanham o ex-presidente acabaram optando por realizar apenas dois procedimentos.

Segundo Bolsonaro, ele será operado para corrigir uma hérnia de hiato e um desvio de septo. A terceira cirurgia seria de correção das alças do intestino ainda por conta do atentado a faca que Bolsonaro sofreu durante a campanha eleitoral de 2018.

Oferta Exclusiva para Novos Clientes

Jaqueta XP NFL

Garanta em 3 passos a sua jaqueta e vista a emoção do futebol americano

“A terceira fica para outubro ou novembro”, disse Bolsonaro à Reuters.

As intervenções acontecerão no hospital Vila Nova Star, na zona sul da capital paulista, onde Bolsonaro passou no mês passado por exames preparatórios visando as cirurgias.

A expectativa é que as cirurgias ocorram na terça-feira e, se tudo correr conforme planejado, o ex-presidente receba alta hospitalar na quinta.

Continua depois da publicidade

Desde 2018 Bolsonaro realizou ao menos 6 cirurgias, algumas delas diretamente ligadas à facada que levou enquanto fazia campanha em Juiz de Fora (MG) em setembro de 2018.

Bolsonaro é atualmente alvo de inquéritos que tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF), entre eles o que investiga presentes dados a ele pelo governo da Arábia Saudita quando era presidente.

No fim de semana, o ministro Alexandre de Moraes, do STF, homologou o acordo de colaboração premiada firmado por Mauro Cid com a Polícia Federal e concedeu liberdade ao ex-ajudante de ordens de Bolsonaro.

A colaboração de Cid deve colocar mais pressão sobre Bolsonaro, que já está inelegível até 2030 e vê a ampliação de um cerco contra ele mediante uma série de investigações criminais.

Newsletter

Infomorning

Receba no seu e-mail logo pela manhã as notícias que vão mexer com os mercados, com os seus investimentos e o seu bolso durante o dia

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.