BNDES vai ampliar recursos para o agro, diz ministro após reunião com Haddad

Ministro da Agricultura afirmou que banco também será chamado pelo presidente Lula para discutir crise enfrentada pelo setor

Estadão Conteúdo

Ministro da Agricultura, Carlos Fávaro (Foto: Pedro França/Agência Senado)

Publicidade

O ministro da Agricultura, Carlos Fávaro (PSD), confirmou que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai anunciar ampliação de recursos ao agronegócio. “O BNDES está preparando anúncios. No dia 2 deverá ter algum”, afirmou Fávaro após se reunir com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT).

O ministro afirmou que o BNDES também será chamado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para discutir a crise enfrentada pelo setor. E que as “medidas estruturantes virão depois do levantamento da equipe econômica de endividamento do setor e custos”.

Fávaro vai se reunir com o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, na sexta-feira (2) no Rio de Janeiro, no dia do possível anúncio do banco estatal. Há expectativa de que o anúncio seja de um novo aporte de R$ 4 bilhões para investimentos agropecuários na linha BNDES Crédito Rural, com custo fixo em dólares americanos (TFBD).

Continua depois da publicidade

O banco de fomento também deve criar uma linha dolarizada para custeio agropecuário, com recursos voltados diretamente a produtores afetados pela quebra de safra ou a revendas para refinanciarem o custeio.

Newsletter

Infomorning

Receba no seu e-mail logo pela manhã as notícias que vão mexer com os mercados, com os seus investimentos e o seu bolso durante o dia

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.