Acidente aéreo

Avião que transportava Teori não tinha caixa-preta, mas possuía gravador de voz, diz portal

FAB iniciou nesta sexta-feira (20) uma investigação no local do acidente que não tem data para ser concluída

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O avião que caiu no litoral de Paraty (RJ) com o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki e outras quatro pessoas nesta quinta-feira (19) não possuía caixa-preta, mas possuía um gravador de voz, segundo a FAB (Força Aérea Brasileira).

Segundo o portal G1, o “voice recorder” passará por uma perícia para que os investigadores verifiquem se o dispositivo estava ligado e registrou conversas durante o voo. Uma equipe da FAB iniciou nesta sexta-feira (20) uma investigação no local do acidente que não tem data para ser concluída.

O MPF (Ministério Público Federal) e a PF (Polícia Federal) também abriram outras duas investigações para apurar as causas da queda da aeronave.

Aprenda a investir na bolsa