Após rompimento com o irmão Ciro, Cid Gomes volta ao PSB

Ex-governador do Ceará traz consigo 40 prefeitos e a número 2 do Ministério da Educação, Izolda Cela

Fábio Matos

O senador Cid Gomes (PDT-CE), relator na Comissão de Desenvolvimento Regional (CDR) do Projeto de Lei 2.006/2023, que prorroga os incentivos fiscais para empresas nas áreas de atuação das Superintendências de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) e do Nordeste (Sudene) até 2028 (Foto: Agência Senado)

Publicidade

Uma das principais lideranças políticas do Ceará, o senador Cid Gomes se filiou, no domingo (4), ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), selando o rompimento com o irmão, ex-ministro e ex-governador Ciro Gomes (PDT-CE), candidato à presidência da República derrotado nas eleições de 2022.

Cid retorna ao PSB após mais de dez anos. Ele deixou a legenda em 2013, quando o partido se preparava para lançar o então governador de Pernambuco, Eduardo Campos (1965-2014), como candidato ao Palácio do Planalto. Cid defendia o apoio à reeleição da então presidente Dilma Rousseff (PT).

Na volta ao PSB, Cid Gomes traz consigo 40 prefeitos, dos quais 35 estavam no PDT, além da secretária-executiva do Ministério da Educação, a ex-governadora cearense Izolda Cela. Entre os prefeitos do Ceará que o acompanham está o irmão Ivo Gomes, que administra a cidade de Sobral, berço político da família. Ele também rompeu com Ciro.

Continua depois da publicidade

O ato de filiação de Cid Gomes ao PSB ocorreu em um hotel de Fortaleza e contou com a participação do ministro da Educação, o ex-governador Camilo Santana (PT-CE), e do vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin (PSB-SP), entre outras lideranças políticas.

Eleito senador pelo Ceará em 2018, Cid Gomes foi prefeito de Sobral por dois mandatos, de 1997 a 2004, e governador do estado também por duas vezes, entre 2007 e 2014.

Em 2015, Cid comandou o Ministério da Educação por três meses, durante o segundo mandato de Dilma Rousseff na Presidência da República.

Newsletter

Infomorning

Receba no seu e-mail logo pela manhã as notícias que vão mexer com os mercados, com os seus investimentos e o seu bolso durante o dia

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Fábio Matos

Jornalista formado pela Cásper Líbero, é pós-graduado em marketing político e propaganda eleitoral pela USP. Trabalhou no site da ESPN, pelo qual foi à China para cobrir a Olimpíada de Pequim, em 2008. Além do InfoMoney, teve passagens por Metrópoles, O Antagonista, iG e Terra, cobrindo política e economia. Como assessor de imprensa, atuou na Câmara dos Deputados e no Ministério da Cultura. É autor dos livros “Dias: a Vida do Maior Jogador do São Paulo nos Anos 1960” e “20 Jogos Eternos do São Paulo”.