Eleições 2018

Após derrota, Ana Amélia declara apoio a Bolsonaro no segundo turno

Em entrevista à revista Crusoé, vice de Alckmin diz que seguirá a orientação de seu partido, o PP

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Candidata a vice na chapa encabeçada por Geraldo Alckmin (PSDB) na corrida presidencial, a senadora Ana Amélia (PP), declarou, nesta segunda-feira (8), apoio a Jair Bolsonaro (PSL) na disputa de segundo turno contra Fernando Haddad (PT). A manifestação da parlamentar foi registrada por reportagem da revista Crusoé.

“Meu partido, hoje à tarde, em Porto Alegre, decidirá apoio a Bolsonaro, e vou seguir o que meu partido decidiu”, afirmou em entrevista à publicação. A parlamentar chamou a disputa presidencial de “decisiva para o país”, mas ressaltou que só irá fazer campanha ativa para o militar reformado caso seja chamada.

Alckmin encerrou sua participação nas eleições com a quarta posição, com o apoio de 5.096.341 de eleitores, o equivalente a 4,76% dos votos válidos. O desempenho contrastou com a ampla estrutura construída pela campanha em termos de recursos, tempo na televisão e no rádio e potencial de capilaridade nos estados e municípios (que não se confirmou, com diversas traições na base aliada).

Aprenda a investir na bolsa

Alckmin ainda não manifestou posição. Logo após as urnas indicarem sua ausência do segundo turno, ele disse que vai reunir a executiva do PSDB na próxima terça-feira para definir quem o partido apoiará na disputa.

A hora de investir em ações é agora: abra uma conta na Clear com taxa ZERO de corretagem!