Chegando em NY

Ao chegar aos EUA, Dilma afirma que “ninguém percebeu” chamas em seu helicóptero

Ao ser perguntada sobre se ficou medo de seguir viagem, ela emendou: "mas saiu labareda? Que coisa. Ninguém percebeu"

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A presidente Dilma Rousseff chegou a Nova York na manhã desta sexta-feira (25) para cumprir uma agenda de quatro dias. 

Dilma chegou ao hotel às 5h05 (horário de Brasília), acompanhada de sua filha, Paula, e dos ministros das Relações Exteriores, Mauro Vieira, da Advocacia Geral da União, Luiz Adams, das Mulheres, Eleonora Menicutti e do Desenvolvimento Social, Tereza Campello. Já a ministra do Meio ambiente, Izabella Teixeira, que já estava em Nova York, se incorporou à comitiva.

Segundo informam a Folha de S. Paulo e o Valor, a presidente manifestou surpresa ao ser informada de que o helicóptero que a transportava do Palácio da Alvorada até a Base Aérea de Brasília, na noite de quinta-feira (24), teve uma chamas ao decolar. Segundo Dilma, “ninguém percebeu” as chamas. “No meu helicóptero? Hoje? Ninguém viu”, disse ao chegar ao hotel.

Aprenda a investir na bolsa

Ao ser perguntada sobre se ficou medo de seguir viagem, ela emendou: “mas saiu labareda? Que coisa. Ninguém percebeu”.

A FAB informou que o helicóptero soltou uma chama antes da decolagem. De acordo acordo com a Aeronáutica, contudo, isso pode ocorrer durante o acionamento de uma aeronave, e o voo prosseguiu normalmente, sem risco, de acordo com a FAB. 

Nesta sexta-feira, a presidente irá assistir ao discurso do Papa Francisco na abertura da Cúpula de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.