Chegando em NY

Ao chegar aos EUA, Dilma afirma que “ninguém percebeu” chamas em seu helicóptero

Ao ser perguntada sobre se ficou medo de seguir viagem, ela emendou: "mas saiu labareda? Que coisa. Ninguém percebeu"

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A presidente Dilma Rousseff chegou a Nova York na manhã desta sexta-feira (25) para cumprir uma agenda de quatro dias. 

Dilma chegou ao hotel às 5h05 (horário de Brasília), acompanhada de sua filha, Paula, e dos ministros das Relações Exteriores, Mauro Vieira, da Advocacia Geral da União, Luiz Adams, das Mulheres, Eleonora Menicutti e do Desenvolvimento Social, Tereza Campello. Já a ministra do Meio ambiente, Izabella Teixeira, que já estava em Nova York, se incorporou à comitiva.

Segundo informam a Folha de S. Paulo e o Valor, a presidente manifestou surpresa ao ser informada de que o helicóptero que a transportava do Palácio da Alvorada até a Base Aérea de Brasília, na noite de quinta-feira (24), teve uma chamas ao decolar. Segundo Dilma, “ninguém percebeu” as chamas. “No meu helicóptero? Hoje? Ninguém viu”, disse ao chegar ao hotel.

PUBLICIDADE

Ao ser perguntada sobre se ficou medo de seguir viagem, ela emendou: “mas saiu labareda? Que coisa. Ninguém percebeu”.

A FAB informou que o helicóptero soltou uma chama antes da decolagem. De acordo acordo com a Aeronáutica, contudo, isso pode ocorrer durante o acionamento de uma aeronave, e o voo prosseguiu normalmente, sem risco, de acordo com a FAB. 

Nesta sexta-feira, a presidente irá assistir ao discurso do Papa Francisco na abertura da Cúpula de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.