Segundo Folha

Agora, governo Dilma pode cair em poucos meses, avaliam advogados do PT

Além das possíveis revelações de empreiteiras, soma-se a delação do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), que pode tornar a situação insustentável para a presidente

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O cenário é bastante delicado para a presidente Dilma Rousseff, de acordo com a avaliação dos próprios advogados do PT, conforme ressalta a colunista da Folha de S. Paulo, Monica Bergamo.

Ela ressalta que a possibilidade de a Andrade Gutierrez fazer novas revelações, desta vez sobre a campanha à reeleição de Dilma de 2014, além das delações premiadas que estão no radar da OAS e da Odebrecht fizeram com que advogados ligados ao PT diagnosticarem que o governo dela corre agora, de fato, o risco de “cair” em poucos meses.

Soma-se a isso à delação premiada não homologada do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), que pode tornar a situação insustentável para a presidente. No caso-Delcídio, é a palavra do senador contra a da presidente, já que a acusação de que ela articulou nomes de magistrados para barrar a Lava Jato  não teria como ser provada. “Já as empreiteiras podem indicar documentos que comprovem eventuais crimes”.

Aprenda a investir na bolsa

Já a coluna Painel, do mesmo jornal, ressalta que, em meio ao clima de tensão ontem por conta da Operação Lava Jato ter tido como alvo o ex-presidente Lula, o ex-presidente reagiu de forma bem humorada ao ver a Polícia Federal na sua porta. “Ué, mas cadê o japonês?”. Porém, horas depois, ele entoou um discurso raivoso sobre a atuação da PF. 

 

InfoMoney faz atualização EXTRAORDINÁRIA na Carteira Recomendada; confira

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa