Impeachment

A frase de Renan que “incendiou” o Senado no julgamento do impeachment; veja vídeo

O peemedebista criticou a fala de Gleisi Hoffmann que veio no sentido de desqualificar os parlamentares na posição de juízes do processo em discussão

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O clima tenso da última fase do julgamento do impeachment da presidente Dilma Rousseff se intensificou ao final da manhã desta sexta-feira (26), levando o presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, a suspender a sessão de forma antecipada para a pausa do almoço dos parlamentares. O episódio central que fez o Senado “pegar fogo” de vez foi uma discussão entre o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR).

O peemedebista criticou a fala da petista que veio no sentido de desqualificar os parlamentares na posição de juízes do processo em discussão.  “Como a senadora pode fazer uma declaração dessa, exatamente uma senadora que há 30 dias o presidente do Senado Federal conseguiu, no Supremo Tribunal Federal, desfazer o seu indiciamento e do seu esposo?”, atacou Renan, enquanto Gleisi, ao fundo, negava e Lindbergh Farias (PT-RJ) reclamava do que chamou de “baixaria”. A fala surpreendeu a todos no plenário e gerou discussões nos corredores sobre o que o peemedebista estava querendo dizer com aquilo.

Conta o jornal Valor Econômico que a senadora deixou o plenário sem dar declarações sobre o ocorrido e conversará com a imprensa depois. 

Aprenda a investir na bolsa

Assista ao vídeo do momento:

Algumas horas depois, Renan Calheiros emitiu nota explicando que sua fala se referia a duas petições protocoladas pela mesa diretora do Senado perante o Supremo Tribunal Federal. “Trata-se de manifestação pública e institucional decorrente da operação de busca e apreensão realizada no imóvel funcional ocupado pela senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e do indiciamento da senadora pela Polícia Federal”, dizia o texto.