Sem papas na língua

“A administração da Petrobras é apenas mais uma das leviandades de seu governo”, dispara Aécio

Em sua pergunta-ataque à Dilma, o candidato tucano destacou que própria Polícia Federal já sinalizou que uma quadrilha comanda a estatal hoje em dia.

SÃO PAULO – O assunto Petrobras não poderia ficar de fora no debate entre os presidenciáveis realizado pela TV Bandeirantes. O candidato do PSDB, Aécio, destacou os problemas e as denúncias que vem ferindo a credibilidade, imagem da estatal e colocou Dilma Rousseff contra a parede sobre a veracidade das denúncias feitas contra a petroleira.   

A presidente voltou a frisar sobre a suposta falta de conhecimento de Aécio. “Acho que o senhor desconhece a Petrobras. A Petrobras passou de valer US$ 15 bilhões durante o governo de Fernando Henrique Cardoso e passou para US$ 110 bilhões no meu governo”, de defendeu a petista.

De acordo com a candidata à reeleição, o PSDB sempre afirmou que PT estava inventando o pré-sal e que dali não sairiam resultados. “Estamos conseguindo retirar 540 mil barris de petróleo por dia atualmente. Nós concedemos à Petrobras possibilidade de transformá-la em umas das maiores empresas de petróleo do mundo”, explicou Dilma.

PUBLICIDADE

Ela ainda afirmou que até 2018 a Petrobras irá produzir 3,8 milhões de barris por dia e que o Brasil se transformará em uma grande exportador da commodity. “Eu considero uma leviandade tratar uma empresa deste porte e dessa importância desta maneira”, concluiu a presidente.

Por outro lado, Aécio retrucou que a administração da Petrobras é uma leviandade. Segundo ele, a própria Polícia Federal já sinalizou que uma quadrilha comanda a estatal hoje em dia. “As denúncias que aí estão são graves. A oportunidade está à sua disposição novamente para responder essas denúncias”, replicou o tucano.

A presidente, por sua vez, voltou a destacar que a Petrobras é uma empresa idônea e que a sua administração não tem com o que temer. De acordo com ela, a Polícia Federal investiga a todos, sem restrições, “doa a quem doer”. 

“O compromisso do meu governo é com a transparência e as denúncias estão sendo investigadas da maneira adequada”, finalizou a petista.