Em petrobras

Petrobras deve sair do vermelho e registrar lucro de R$ 8,905 bilhões no 4º trimestre de 2018

Se confirmado, a Petrobras conseguirá reverter o prejuízo de R$ 5,477 bilhões apurado no último trimestre de 2017, registrado em meio a diversos itens não-recorrentes

Petrobras
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Um dos resultados mais aguardados em toda a temporada de balanços será divulgado hoje, o da Petrobras (PETR3;PETR4). A estatal deve divulgar lucro líquido de ajustado de R$ 8,905 bilhões no quarto trimestre de 2018, segundo estimativa mediana apontada por levantamento da Bloomberg.

Se confirmado, a Petrobras conseguirá reverter o prejuízo de R$ 5,477 bilhões apurado no último trimestre de 2017, registrado em meio a diversos itens não-recorrentes. Além disso, caso os números sejam dessa magnitude, a companhia pode voltar a registrar lucro anual depois de quatro anos seguidos de prejuízo. 

Apesar da perspectiva positiva para o lucro, os analistas do Itaú BBA destacam que os preços mais baixos do petróleo e a valorização do real podem ter pressionado o desempenho da companhia na comparação trimestral. Contudo, vale destacar, os preços da commodity ficaram acima dos registrados em 2017, o que leva a um impacto positivo na base anual. "Estimamos uma taxa de utilização média de 80%, embora a Replan tenha operado com 50% durante o trimestre", afirmam, em relatório enviado a clientes. 

O Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) deve saltar 123%, para R$ 28,955 bilhões, apontam as estimativas do mercado. A margem Ebitda deve disparar de 17% para 33,3%. A XP Investimentos possui uma expectativa de Ebitda maior, de R$ 30,2 bilhões, valor que reflete um preço de petróleo médio de US$ 68,4/barril e câmbio médio de US$ 3,81. 

O time de análise da Credit Suisse explica que os resultados de quarto trimestre da Petrobras normalmente não são muito fáceis de interpretar devido a grande quantidade de itens não recorrentes. Ganhos ou perdas de capital com a venda de campos onshore e de águas rasas e provisões podem surgir no resultado que será divulgado após o fechamento do pregão, destaca o banco suíço.  

Para o Credit, os maiores impactos devem vir da provisão para litígio com a empresa de perfuração offshore Vantage Drilling (R$ 2,4 bilhões), da provisão para unificação do parque das Baleias (R$ 3,5 bilhões), da provisão para unitização de Sapinhoá (R$ 550 milhões). "Do lado positivo devemos ver a reversão de provisão dos recebíveis da Eletrobras (R$ 3,1 bilhões)", informa o banco.

A Petrobras divulga seu resultado trimestral nesta quarta-feira (27), após o fechamento do mercado. A teleconferência com investidores e analistas acontece na quinta-feira (28) às 10h (de Brasília) em português e às 11h em inglês, ambos sem tradução simultânea. 

Confira as estimativas para o resultado da Petrobras: 

em milhões de R$ 4T18E 4T17 4T18E/4T17
Receita líquida  87.033  76.512  +13,75%
Ebitda  28.955  12.986  +122,97%
Lucro líquido ajustado 8.905  - 5.477  não comparável
Lucro operacional 17.248  -1.414  não comparável
Margem Ebitda 33,3% 17% +16,3 p.p.

Quer investir pagando TAXA ZERO de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear.

 

Contato