Em petrobras

Opções de Petrobras disparam até 100% após resultado do segundo trimestre

Números animam os investidores e opções de compra disparam nesta manhã

Petrobras

SÃO PAULO - Com a forte alta das ações da Petrobras (PETR3; PETR4) após o resultado do 2º trimestre, que surpreendeu positivamente o mercado, as opções de compra ("calls") com vencimento em 20 de agosto chegam a disparar mais de 100% apenas nesta sexta-feira (3).

A opção PETRH28, que dá direito de compras ações preferenciais da Petrobras ao preço de R$ 27,96, estava cotada a R$ 0,02 às 11h02 (horário de Brasília), o que representa uma alta de 100% desde o fechamento da última quinta-feira(3). O mesmo percentual de valorização pode ser visto na opção de compra PETRH277, com preço de exercício a R$ 27,71, também cotada a R$ 0,02.

Quer aproveitar toda essa volatilidade e ainda pagar a menor corretagem do Brasil? Clique aqui e abra sua conta na Clear

Na sequência, as opções PETRH235 e PETRH27, com preços de exercício em R$ 23,46 e R$ 26,96, subiam 60% e 50%, respectivamente, cotadas a R$ 0,24 e R$ 0,03. Já o ativo PETRH21, com "strike" em R$ 20,96, neste momento negocia a R$ 1,04, o que representa um ganho de 49% frente ao último fechamento.

Resultado da Petrobras

A estatal registrou um lucro líquido de R$ 10,07 bilhões no segundo trimestre de 2018, ante expectativa, de acordo com média de analistas consultados pela Bloomberg, de R$ 6,92 bilhões. A alta foi de 3.086,7% na comparação com o mesmo período do ano passado, de R$ 316 milhões. Já na comparação com o primeiro trimestre de 2018, o resultado foi uma alta de 45%, uma vez que o lucro registrado nos primeiros três meses deste ano foi de R$ 6,961 bilhões.

O Ebitda ajustado ficou em R$ 30,07 bilhões, alta de 57,5% na comparação com os R$ 19,094 bilhões registrados no mesmo período do ano passado e praticamente em linha com os R$ 30,03 bilhões projetados pelo mercado. A receita da estatal foi de R$ 84,4 bilhões no trimestre, 26% superior ante os R$ 66,9 bilhões registrados no mesmo intervalo de 2017. O lucro operacional teve alta de 9%, para R$ 16,9 bilhões.

A estatal anunciou também a distribuição de JCP (Juros sobre Capital Próprio) aos seus acionistas. O valor a ser distribuído, que soma R$ 652,2 milhões, corresponde a um valor bruto de R$ 0,05 por ação, ou seja, um yield (provento pago por ação dividido pela cotação do papel) de 0,24% considerando o último fechamento dos papéis preferenciais.

Veja mais:
- Petrobras lucra R$ 10,07 bilhões no 2º tri de 2018, alta de 3.087% e acima do esperado pelo mercado
- Petrobras anuncia JCP aos seus acionistas após resultado; confira os detalhes

Entenda em 4 passos como funciona o mercado de opções:

1) O que é uma opção?
A opção é um derivativo negociado na Bolsa de Valores. E como qualquer derivativo, seu preço "deriva" da oscilação do ativo ao qual ela se lastreia - no caso de uma opção de ação, o contrato varia de acordo com as oscilações desta ação na Bovespa.

Quem compra uma opção está adquirindo o "direito" de comprar ou vender alguma ação; já quem vende a opção tem a obrigação de atender a exigência daquele que comprou o contrato. Ou seja: se você vendeu uma opção de compra e essa opção for exercida, você terá que vender essa ação ao detentor da opção pelo preço estabelecido; se você vendeu uma opção de venda e ela for exercida, você terá que comprar esta ação ao preço estabelecido.

2) O que é uma opção de compra? E uma opção de venda?
Existem dois tipos de opções: de compra (call) e de venda (put). Quando um investidor compra uma "call", ele está adquirindo o direito de comprar uma determinada ação a um preço já estabelecido (que é preço de exercício, ou "strike") até um dia de vencimento já firmado. Para o investidor que compra uma "put", ele está adquirindo o direito de vender uma ação até um dia determinado a um valor já estabelecido. 

3) O que significam as letras e números de uma opção?
Tanto para "call" como para uma "put", todas as informações sobre o ativo, o preço de exercício e o vencimento já estão explícitos no contrato. As 4 primeiras letras denominam qual ação é o alvo da opção; a 5ª letra define se é uma opção de compra ou de venda e qual o vencimento da mesma; já os números definem qual o preço estabelecido para exercer este direito.

Pegando por exemplo a "PETRJ9", citada acima:
- PETR: a opção refere-se à ação da Petrobras
- J: é uma opção de compra com vencimento em outubro 
- 9: define o preço de exercício da opção (obs: nem sempre o número explícito no contrato é exatamente o "strike" exato de uma opção: no exemplo citado, o preço de exercício é R$ 15,00).

4) Quando vence uma opção?
As opções de ações vencem toda 3ª segunda-feira do mês. Em meses em que há um feriado na 3ª segunda-feira, o vencimento é antecipado para a 2ª segunda-feira. 

 

Contato