EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em petrobras

Os dois principais nomes cotados para substituir Pedro Parente na presidência da Petrobras

Estatal disse que seu conselho irá se reunir hoje para definir um CEO interino

Petrobras
(Alf Ribeiro / Shutterstock.com)

SÃO PAULO - Poucas horas após a notícia da demissão de Pedro Parente do comando da Petrobras (PETR4), dois nomes surgem como os principais substitutos para CEO da estatal. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, Solange Guedes, diretora de exploração e produção da companhia, é quem está mais cotada para assumir a vaga.

A publicação destaca que ela tem forte conhecimento interno e externo da Petrobras, além de ser muito experiente e conhecida por ser uma executiva muito eficiente.

Porém, ainda existe um outro nome ganhando força, o de Ivan Monteiro, atual diretor financeiro da estatal. Ele assumiu o atual cargo durante a gestão de Aldemir Bendine e foi mantido por Parente. Empresários ouvidos pelo jornal dizem que ele é quem está recuperando a Petrobras, mas, por outro lado, ele já teria dito que não aceitaria o cargo se fosse convidado a assumir.

Nos últimos dias, a paralisação nacional dos caminhoneiros ampliou a pressão política sobre Parente. O principal alvo era a política de preços da companhia sobre os combustíveis, com reajustes diários, conforme as flutuações do mercado internacional. Com a recente alta do petróleo e do dólar, os preços dispararam no Brasil e motivaram uma mobilização que durou onze dias e provocou problemas de abastecimento país afora.

Em uma série de vídeos, o agora ex-presidente Pedro Parente e executivos da empresa defenderam a estratégia de refino, formação de preço, endividamento e justificam os reajustes diários. No fato relevante divulgado nesta sexta, a Petrobras informou que a nomeação de um CEO interino será examinada pelo Conselho de Administração ao longo do dia.

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear

Contato