Em petrobras

Tribunal do Cade pede investigação contra a Petrobras sobre venda de gás para termelétricas

A proposta tem como objetivo apurar se a empresa vem adotando condutas que prejudiquem companhias envolvidas na cadeia de produção de energia a partir de gás natural

Petrobras Gás - Bloomberg

SÃO PAULO - O Tribunal do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) pediu nesta quarta-feira (23) a abertura de um inquérito administrativo para apurar supostas irregularidades praticadas pela Petrobras (PETR3; PETR4) no fornecimento de gás natural a termelétricas.

Segundo o Conselho, a proposta tem como objetivo apurar se a empresa vem adotando condutas que prejudiquem companhias envolvidas na cadeia de produção de energia a partir de gás natural, tais como discriminação anticompetitiva, recusa de contratar, impedimento ou criação de dificuldade de constituição ou funcionamento de empresas.

"A instauração do inquérito foi motivada por notícias de que a suposta conduta restritiva por parte da Petrobras seria prática disseminada, destinada a produzir efeitos econômicos benéficos para a estatal ao criar condições mais favorecidas de fornecimento de gás para termelétricas de sua propriedade", explica o Cade.

A investigação deverá englobar o fornecimento de gás natural no setor de energia como um todo, podendo ser juntados ao inquérito outros procedimentos investigativos em curso no Cade envolvendo a Petrobras e o mercado de gás natural.

 

Contato