Em petrobras

Petrobras anuncia redução no preço médio da gasolina e diesel

Segundo a estatal, será feita uma redução do preço médio nas refinarias em 5,4% para a gasolina e em 3,5% para o diesel

Gasolina - Bloomberg
(Andrey Rudakov)

SÃO PAULO - A Petrobras (PETR3; PETR4) anunciou na noite desta um novo reajuste de preços nos combustíveis. Segundo a estatal, será feita uma redução do preço médio nas refinarias em 5,4% para a gasolina e em 3,5% para o diesel.

"A decisão foi guiada predominantemente por um aumento significativo nas importações no último mês, o que obrigou ajustes de competitividade da Petrobras no mercado interno", explicou a companhia.

A empresa afirmou que a importação de gasolina por terceiros para o mercado interno aumentou de 240 mil metros cúbicos em fevereiro para 419 mil em abril, com previsão de manutenção em torno deste nível em maio.

No diesel a importação saiu de 564 mil metros cúbicos em fevereiro para 811 mil em abril e previsão de mais de 1 milhão de metros cúbicos em maio. Com isso, as refinarias da Petrobras podem chegar a um fator de utilização abaixo do último dado divulgado pela companhia em seus resultados trimestrais, que foi de 77%.

Além disso a Petrobras afirmou que "o comitê executivo avaliou ainda que a política de preços com correções pelo menos mensais, embora um avanço significativo em relação ao sistema anterior, não tem refletido tempestivamente as volatilidades de preços de internacionais de derivados e câmbio entre as datas dos reajustes, fato agravado pelo acréscimo recente na volatilidade da taxa de câmbio".

Se o ajuste feito hoje for integralmente repassado e não houver alterações nas demais parcelas que compõem o preço ao consumidor final, o diesel pode reduzir 2,2%, ou cerca de R$ 0,07 por litro, em média, e a gasolina, 2,4% ou R$ 0,09 por litro, em média.

 

Contato