Conteúdo editorial apoiado por

“Educação, empreendedorismo e criatividade mudarão o país”, diz estrategista-chefe da XP

Com mais de 20 anos de experiência, Celson tem como propósito democratizar o mundo das finanças

Equipe InfoMoney

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Publicidade

*Esse conteúdo é fruto da parceria entre o canal Foras de Série e o InfoMoney.

Celson Placido é formado em administração pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e tem um longo e ostentoso currículo no mercado financeiro.

Começou sua carreira fazendo auditoria interna no Banco Icatu e depois migrou para área de investimentos no Banco Santander, GP Investments e Opus Investimentos. Desde 2009 trabalha na XP Investimentos e hoje é estrategista-chefe, responsável pela área de análise e estratégia das carteiras recomendadas pela corretora, além da área de financial advisor, que vai desde renda fixa, até renda variável na área de alocação de investimentos.

Com mais de 20 anos de experiência, Celson tem como propósito democratizar o mundo das finanças, levando informação a todos de forma simples e direta. Hoje, ele não se vê mais apenas como analista ou gestor – e sim, sobretudo, como um educador. Um educador financeiro, cujo objetivo é traduzir o mundo econômico para o maior número de pessoas no país.

“Precisamos falar sobre educação financeira para que nossos filhos apliquem melhor o dinheiro. Esse dinheiro vai gerar consumo e crescimento econômico. No Brasil, parece que é errado enriquecer, mas temos que mostrar exatamente o contrário. Trabalho duro e disciplina geram bons resultados. Não quero que meus filhos se aposentem trabalhando. Tem que aproveitar”, diz.

Segundo Celson, para mudar o Brasil é necessário um trabalho forte em cima de educação. Ele descreve o povo brasileiro como “empreendedor e criativo” e é otimista quanto a veia questionadora das próximas gerações. Sobre sua própria trajetória, alega ter aprendido mais com os fracassos do que com o sucesso. “Prefiro morrer tentando do que não tentar de início”.

É essa caminhada através da tortuosa vida do empreendedor financeiro, que exige muito preparo e resiliência, e justamente seu empenho em traduzir essa realidade para o resto dos brasileiros, que faz de Celson Placido um fora de série. Veja o episódio do Foras de Série com o estrategista:

Quer receber os episódios originais do Foras de Série um dia antes do lançamento e outras novidades? Inscreva-se em: forasdeserie.com