Notícias Corporativas

OFERECIDO POR
Negócio

Novo serviço de proteção ao crédito foca na redução da inadimplência e melhoria do ambiente de crédito

A Gestora de Inteligência de Crédito (GIC), empresa gestora de bases de dados anuncia o lançamento do controlCred, um serviço de proteção ao crédito com foco em prevenção da inadimplência e recuperação de dívidas não pagas. A operação do serviço tem início na segunda quinzena de novembro.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

A última edição da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), apurada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) constatou que, em outubro, o percentual de famílias com dívidas ou contas foi de 23,5%. Quanto ao endividamento, o estudo aponta que a proporção das famílias com dívidas se manteve estável em 60,7% no mês de outubro.

Mês após mês, os índices de inadimplência no país atingem novos recordes, o que deve se manter em novembro e dezembro, devido às festas de fim de ano. Com foco na redução do risco de inadimplência e com uma proposta de estimular o consumidor a adquirir melhores hábitos financeiros, a Gestora de Inteligência de Crédito, empresa gestora de bases de dados criada pelos cinco maiores bancos do país, anuncia o lançamento do controlCred, um serviço de proteção ao crédito que informa consumidores e empresas sobre suas pendências financeiras e fornece informações para a quitação das mesmas.

A PEIC apurou ainda que o percentual de famílias que declararam não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso e que, portanto, permaneceriam inadimplentes também ficou estável em 9,9% em outubro, mas apresentou queda em relação aos 10,1% de outubro de 2017. (fonte)

PUBLICIDADE

De acordo com um levantamento contratado pela empresa junto à GS&MD Gouvêa de Souza, já ter tido algum tipo de débito e ter tido contato com um birô de crédito é comum entre os mais velhos (87% da população acima de 25 anos) e mais frequente na classe C (66% dos entrevistados). O mesmo levantamento constatou que, embora 59% da população esteja negativada ou já tenha estado alguma vez na vida, 91% desses consumidores não querem estar com o nome sujo e estão abertos a negociar suas dívidas, independentemente do birô de crédito que execute a cobrança.

O controlCred utilizará principalmente os meios digitais – e-mails e SMS – para enviar os comunicados de pendências, seguindo uma preferência dos consumidores por esses métodos de abordagem também detectada na pesquisa realizada pela GS&MD. Como inovação adicional, as comunicações apresentarão códigos únicos que poderão ser validados de maneira segura no portal controlCred.com.br, que exibirá os detalhes da pendência e informará o passo a passo para o consumidor entrar em contato com a instituição financeira indicada para regularizar sua situação. Além disso, será possível a validação da identificação do consumidor contatado, de modo a evitar o recebimento indevido de comunicados.

Website: http://www.controlcred.com.br/https://www.facebook.com/controlCred/