Notícias Corporativas

OFERECIDO POR
Negócio

Economia Compartilhada chega ao mundo do Marketing por meio de startup

Portal que nasceu com proposta de abertura de empresas para novos empreendedores agora oferece também parceria de Marketing Compartilhado para contadores que desejam impulsionar o crescimento de seus escritórios.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

A economia compartilhada está sendo comentada ao redor de todo globo. No Brasil, esse modelo de consumo colaborativo já é contemplado por quase 80% da população. Pesquisa realizada pela SPC Brasil e CNDL em todas as capitais do Brasil revelou que, para 79% dos entrevistados, o compartilhamento de bens torna a vida mais fácil e funcional. Além disso, 68% se imaginam participando do consumo colaborativo nos próximos dois anos.

Diversas empresas surgiram com esse modelo econômico, como o Uber, Airbnb, Netflix… Mas uma startup brasileira aproveitou o gatilho para melhorar a vida de contadores e empreendedores por meio de ações de Marketing Compartilhado.

A empresa foi pioneira em uma solução baseada no Marketing Compartilhado para contadores. O time de profissionais do Abertura Simples utiliza ações de divulgação para os associados por meio de produção de materiais ricos, estratégias nas redes sociais, campanhas patrocinadas e disparos de email marketing. Além disso, o serviço entrega leads e oportunidades de potenciais clientes, para que eles possam prosseguir com a negociação e converter as vendas.

PUBLICIDADE

Histórico

Por trás do projeto está Rogerio Fameli, empresário com vasta experiência no setor financeiro. Estudando o mercado contábil, Rogerio percebeu o vão entre marketing/vendas e escritórios de contabilidade. Analisando a captação de seus clientes, a maioria vinha apenas por meio da indicação.

Recente estudo realizado por Roberto Dias Duarte revelou que cerca de 50% dos escritórios apresentam equipes de tecnologia para manter a infraestrutura, mas apenas 15% utilizam profissionais para desenvolver sistemas e 17% para ações de marketing. Além disso, a pesquisa também mostrou que a principal fonte de novos clientes para 86% do mercado é a indicação dos clientes atuais, e apenas 6% aplicam técnicas de marketing digital.

Depois de estudar a fundo as estratégias, Rogerio conseguiu trazer uma equipe de Marketing para dentro do seu escritório completa. O sucesso foi tanto que conseguiu abrir mais de 900 empresas no ano de 2016.

Para promover o crescimento da classe contábil, o empresário desenvolveu no Abertura Simples um marketplace para que os associados pudessem desfrutar dos resultados das ações em conjunto. À medida que o serviço se expandiu – em 2018, chegou ao marco de 300 cidades – o portal também desenvolveu um painel de gestão de leads, para que os associados possam fazer o follow up de seus potenciais clientes.

Como funciona o Marketing Compartilhado da empresa

PUBLICIDADE

Conquistar um market share significante demanda tempo, estrutura, investimento e conhecimento. O Marketing Compartilhado oferece a possibilidade de crescer essa parcela por meio de uma marca reconhecida, bem posicionada e com notoriedade. Com a união dos diversos associados, o Abertura Simples desenvolve uma presença digital forte para os contadores. O site, atualmente, conta com mais de 60 mil acessos mensais.

Segundo Danilo Max, CMO da startup, muitos não possuem essa estrutura para se destacar no mercado sozinhos. Ele afirma que “O Marketing Compartilhado auxilia o empresário contábil que quer dividir o trabalho e investimento para conseguir desenvolver ações mais efetivas”.

Recentemente, Danilo apresentou um workshop sobre o tema, e contou aos participantes algumas estratégias desenvolvidas pela empresa para fazer o Marketing Compartilhado entre seus contadores associados. Segundo ele, um dos primeiros passos para realizar o Marketing Compartilhado com êxito é contar com um bom parceiro. Unindo empresas do mesmo ramo, como é o caso do Abertura Simples que une escritórios de contabilidade, facilita o planejamento das ações.

“É comum que muitas empresas se preocupem demais com todo tipo de concorrência”, comenta Danilo. “Acreditam que mesmo que o perfil de clientes, produto ou serviço sejam diferentes, é necessário brigar com outras empresas como se fossem grandes inimigos. Mesmo que os produtos ou serviços sejam próximos, você pode se juntar a empresas que tenham ofertas complementares às suas, e que não sejam necessariamente concorrentes diretos. Se juntos, conseguem conquistar um impacto bem maior do que separados, o investimento vale a pena.”

Além disso, é necessário contar com profissionais dedicados e experientes para desenvolver a estratégia, afirma Rogerio. “Como as ações demandam a elaboração de muitos materiais de marketing, é importante ter designers, redatores, profissionais da área comercial, publicitários e afins na equipe”.

Segundo Danilo, a empresa conta com uma equipe especializada que produz ebooks, infográficos, matérias, vídeos, campanhas patrocinadas e outros materiais para fazer a divulgação dos escritórios. Com isso, consegue “captar” potenciais clientes para os contadores, que seguem com a negociação e precificação de seus serviços.

Mais informações podem ser encontradas no site: http://aberturasimples.com.br/

Website: https://aberturasimples.com.br/