Notícias Corporativas

OFERECIDO POR
Negócio

É preciso economizar hoje para viver melhor amanhã

Portal tem parceria com mais de 2000 lojas online no Brasil oferecendo cupom de desconto e cashback

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

De acordo com uma pesquisa realizada em todas as capitais do Brasil pelo SPC e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, 45,8% dos entrevistados não realizam um controle sistemático do seu orçamento.

Isso significa que 4 em cada 10 brasileiros não conseguem ter uma vida orçamentária saudável.

O dinheiro sempre acaba antes do próximo salário? O cartão de crédito é um vilão? Cair no vermelho é rotina?

PUBLICIDADE

Calma, que com dedicação e com algumas dicas simples de seguir, a economia virá e a vida de preocupações ficará para trás. Pois o segredo não é quanto se ganha e sim como o dinheiro é gasto. 

São diversos pontos como planejamento, plataformas que ajudam a economizar nas compras, como o sistema de cashback, entre outros que ajudarão de maneiras simples a como colocar a vida financeira em ordem.

A dica mais importante de todas, sem dúvidas é o planejamento. Só é possível colocar em prática as dicas de economia pessoal, tendo o controle de tudo que entra e sai da conta bancária. Ter um plano com todos os gastos é crucial para saber o destino do dinheiro e onde se pode economizar. O objetivo aqui é manter gastos e orçamento em sintonia.

Antes de começar o seu planejamento, entenda seu padrão de renda. Considere apenas o valor real e não associe eventuais gratificações ou bonificações.

Existem muitas ferramentas online e aplicativos que ajudam no planejamento financeiro, transformando todos os gastos em gráficos que darão a exata noção para onde vai o dinheiro, mostrando assim onde é possível economizar. O Guia Bolso e o Zero Paper são bons exemplos. Mas a boa e velha planilha do Excel também pode ser uma forte aliada nessa empreitada.

Além do planejamento, comprar de maneira consciente e inteligente, ajuda muito na organização financeira e retenção de gastos.

PUBLICIDADE

Busque sempre comprar, seja comida ou celular, em lojas que oferecem os melhores descontos e promoções. Entrar no programa de pontos do cartão de crédito também é uma maneira bacana de trocar o dinheiro já gasto, por alguns benefícios.

Além disso, diversos sites oferecem cupons de descontos para você economizar nas suas demandas pessoais.

E, dentro destes serviços de descontos, também tem o cashback, que são plataformas que devolvem parte do dinheiro gasto nas compras online, como o Ganhe de Volta, por exemplo.

Essas empresas costumam ser parceiras de basicamente todos os e-commerces do mundo, transformando todas as compras, em um pouco de dinheiro, trazendo retorno financeiro de onde nem se imagina.

Sites que reúnem ofertas de produtos não são novidade. Há portais que vendem de tudo, literalmente, e aqueles que são segmentados. Fato é: há como fazer comparativos entre preços e optar pelo melhor valor. Mas é possível ir além do desconto e conseguir, por exemplo, receber parto do valor gasto na compra de volta? Sim, é possível.

A vez do “cashback

Batizada de Ganhe de Volta, a startup criada em 2015 tem feito algo que chamou a atenção dos consumidores online. Além de destacar ofertas em sua página, no momento de efetuar a compra permite que parte do dinheiro pago seja enviado de volta. É isso mesmo, compra com o melhor valor e ainda recebe dinheiro por isso.

Yuri Penido surgiu com a ideia de oferecer o serviço para os consumidores que comprassem com as lojas parceiras, e hoje já são mais de duas mil. E-commerces como Americanas, Submarino, Kabum e Amazon e também lojas de fora como eBay, AliExpress e Gearbest fazem parte da rede. “Este tipo de serviço chama-se “cashback” no exterior, e é um modelo de negócios já consolidado. Estamos tentando oferecer o maior número de parcerias aqui no Brasil, para os clientes daqui não se sentirem pressionados a comprar em uma loja ou outra”, afirma Penido.

De acordo com Yuri, é comum devolver em média 10% do valor do produto na conta bancária do usuário, mas em promoções junto com algumas lojas a porcentagem de cashback chega a até 100%. O serviço é totalmente gratuito, não há cobrança de anuidade muito menos mensalidades para utilizar. Isso porque, de acordo com Yuri, o foco está na qualidade das promoções.

“Somos muito cautelosos com o conteúdo e promoções que estão em nosso site. Somos considerados o site com o melhor conteúdo de cashback até mesmo pela concorrência. Nossa equipe é focada em disponibilizar todos os cupons de desconto e cashback disponível na internet em um só lugar que é o nosso site”, diz o empresário.

Os descontos nos produtos vão até 80%. Na NetShoes, por exemplo, é possível encontrar um cupom R$ 100 de desconto em compras de R$ 250 que o consumidor fizer. Os produtos catalogados no site variam desde roupas e acessórios, até eletrodoméstico e smartphones. Para saber mais sobre as principais ofertas e o sistema de cashback, acesse a página oficial do Ganhe de Volta (www.ganhedevolta.com.br) ou acompanhe as novidades pelo Instagram (www.instagram.com/GanheDeVolta) da empresa.

A tarefa de se organizar não é difícil, só necessita de tempo e organização. Então, vamos começar?

Website: https://www.ganhedevolta.com.br