Notícias Corporativas

OFERECIDO POR
Negócio

Consultoria no Brasil tem ajudado centenas de pessoas a se livrarem das dívidas e a economizarem dinheiro

Um Milhão de reais em juros excessivos. Foi esse o valor que algumas pessoas deixaram de pagar por procurar ajuda de uma Consultoria Jurídica especializada em São Paulo. Através de análises e revisões contratuais, conseguiram fazer com que algumas pessoas economizassem mais de 80% da dívida de seus financiamentos. Muitas pessoas conseguem se livrar de suas dívidas se buscarem ajuda de algum especialista para isso.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

O número de pessoas endividadas no Brasil ainda se encontra em estado crítico. Em agosto, pelo 11º mês seguido, cerca de 41% da população adulta brasileira se depararam como devedores. Em situação ainda mais precisa, contando o CPF registrado, mais de 60 milhões dos brasileiros estão endividados.

A partir do ano de 2010, a Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic Nacional), é apurada todo mês pela CNC (Confederação Nacional do Comércio) e os dados foram coletados nas capitais de todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, assim contando aproximadamente 18 mil consumidores.

No mês passado, em outubro, a porcentagem de pessoas endividadas caiu em 0,3%, mas ainda assim os brasileiros se encontram em uma situação crítica, já que a previsão de demanda apresenta um cenário analítico.

PUBLICIDADE

Segundo a pesquisa feita pela Confederação Nacional do Comércio (CNC), o principal motivo para as pessoas se endividarem é devido ao cartão de crédito, encontrando-se em 77,4% do endividamento. Conforme os dados capturados em outubro no Banco Central (BC), a taxa de juros de cartão de crédito, encontraram-se em 278% ao ano, ou seja, cerca de 23,1% de taxa de juros ao mês.

Ainda de acordo com a CNC (Confederação Nacional do Comércio), cerca de 13,2% das famílias declaram estarem muito endividadas. Enquanto isso, 22,6% disseram estarem endividadas, mas não em uma situação tão crítica e 23,8% declararam não terem tantas dívidas.

Conforme a situação citada, em muitos casos os brasileiros a principio não possuem tanta dificuldade no pagamento das dívidas. Mas a alta taxa de juros de cartões de créditos e de outras situações que levam ao endividamento, fazem com que os brasileiros passem a se encontrar em uma situação mais complicada.

 

FINANCIAMENTO DE VEÍCULOS SE ENCONTRA COMO O TERCEIRO MAIOR MOTIVO DE ENDIVIDAMENTO

O financiamento de veículo também contribui pela alta taxa de endividamento dos brasileiros. No primeiro lugar do ranking, se encontra o cartão de crédito, em seguida o cheque especial e logo o financiamento de veículo.

PUBLICIDADE

Em outubro, cerca de 10,1% das pessoas endividadas declaram que é devido o financiamento, conforme a pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Comércio (CNC).  Além disso, das pessoas que se consideravam pouco endividadas, houve um aumento de quase 1%, já que a porcentagem subiu de 23,5% para 24,4%

De acordo com o Código do Direito do Consumidor, o juro de financiamento de veículo deve se encontrar até no máximo 13% ao ano e 1,2% ao mês, mas na prática isso é diferente. Segundo o Banco Central (BC) a instituição que se encontra com a menor taxa de juros, cobra 1,8% ao mês e 13,79% ao ano, ou seja, a porcentagem ainda está maior do que é permitido por lei.

Conforme especialistas da Mais Credit, consultoria especializada em financiamento de veículo, aproximadamente 90% dos contratos de financiamento tem uma taxa de juros alta.  De acordo com os contratos de financiamento que os especialistas da Mais Credit analisaram, alguns contratos possuem juros altos de 30% a mais do que o permitido por lei. Por isso, cerca de 30% das pessoas com financiamento tem o seu veículo apurado por não conseguirem pagar.

 

CONSULTORIA AJUDOU PESSOAS A ECONOMIZAREM MAIS DE 1 MILHÃO DE REAIS EM JUROS EXCESSIVOS

A utilização de consultorias para financiamento no Brasil, tem ajudado a mudar o cenário atual. A Mais Credit, consultoria especializada em financiamento de veículo, afirma que só em 2018, ajudaram seus clientes a economizarem mais de 1 milhão só em juros altos de financiamento de veículo.  Por isso, a utilização de uma consultoria para financiamento, é necessária para evitar o endividamento conforme os dados apurados.

Um dos clientes da Mais Credit Consultoria, afirmou que depois que ele contratou um serviço em busca de reverter as taxas de juros, ele conseguiu sair de uma dívida de financiamento de veículo altíssima. O cliente em questão, se encontrava em uma dívida de 28 mil reais e através da consultoria conseguiu quitá-la por apenas 3 mil reais.

Além disso, outro cliente da Mais Credit também afirmou que após contratar um serviço de consultoria, ele conseguiu sair de uma situação crítica devido à alta taxa de financiamento de veículo. Com a ajuda da Mais Credit, o cliente conseguiu quitar uma dívida de 64 mil reais para 7 mil reais.

 

ESPECIALISTAS AFIRMAM QUE MUITOS SE ENDIVIDAM POR FALTA DE INFORMAÇÃO

Muitos brasileiros procuram cheques especiais ou crédito para pagar suas dívidas. De acordo com um levantamento feito pelo UOL, houve um aumento de 8,3% de busca de crédito, justamente para pagar o endividamento. Porém, a taxa de créditos apresenta juros altos, no qual acabam complicando a situação do consumidor. Por isso, especialistas advertem para que os consumidores fujam do cheque especial.

De acordo com a Ingrid Oliveira, Gerente Comercial da Mais Credit Consultoria, os clientes acabam se endividando, pois na grande maioria dos casos, optam por financiar o seu bem. E por falta de conhecimento e informação, assinam o contrato sem saber que ali existem taxas e juros cobrados, muitas vezes, que estão acima dos permitidos por lei.

O resultado disso, faz com que fique inviável o pagamento total da dívida desse bem, pois ainda segundo ela, aquilo que as pessoas ganham não é o suficiente para pagar as taxas altíssimas aplicadas por essas instituições.

Segundo o Especialista e Gerente Jurídico, Pedro Venâncio –  “ Todo consumidor precisa verificar aquilo que está assinando. É necessário que os consumidores estejam conscientes de todas as suas obrigações assumidas que está prevista nas cláusulas contratuais. Muitas das vezes, os consumidores não conseguem compreender o que está escrito no contrato. Nesse caso, é necessário que ele busque ajuda a um profissional, uma vez que o contrato irá fazer a lei tanto entre o consumidor quanto ao contratado. ”

No mais, a Mais Credit afirma que a melhor alternativa para os consumidores não se endividarem devido as taxas altas de juros de financiamento de veículo é procurando ajuda de empresas especializadas em análise contratuais de veículo.  Assim as pessoas terão mais clareza sobre a situação e evitarão fazer parte do número de porcentagem de brasileiros endividados por financiamento.

 

Texto: Brenda Caroline

 

Fonte:

Mais Credit Consultoria

Site: https://www.maiscredit.com.br/

Blog: https://www.maiscredit.com.br/blog/

WhatsApp: (11) 95941-8050

 

Website: https://maiscredit.com.br