Notícias Corporativas

OFERECIDO POR
Multimídia

China: a maior indústria de insumos pra impressoras do mundo

O país continua crescendo de forma exponencial buscando inovações tecnológicas para suprir as necessidades das indústrias de insumos.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Apesar da queda do mercado hardcopy em muitas das economias mais estabelecidas do mundo, incluindo as da União Europeia e os Estados Unidos, as vendas de cartuchos para impressoras por parte de vendedores chineses de insumos de terceiros seguem crescendo.

Como resultado da agrupação, algumas empresas localizadas fora de Zhuhai têm crescido para estar entre os maiores produtores chineses de consumíveis. Muitos dos que ingressaram recentemente à indústria tem gozado de um rápido crescimento ao evitarem cidades chave como Zhuhai, Shenzhen e Shanghai.

Assim, na maioria dos centros de produção da remanufatura incluindo Zhuhai, o aumento dos salários é um fator importante no crescimento em curso dos custos fixos.

PUBLICIDADE

No final dos anos 90, enquanto que as fábricas chinesas começaram a produzir em série cartuchos de toner e tinta, os fornecedores de matérias-primas de todo o mundo, incluindo companhias de Inglaterra, Alemanha, Japão, Coréia do Sul e os Estados Unidos começaram a fazer negócios na China.

Hoje em dia, somente alguns poucos produtos fabricados em outros países são usados na China para a fabricação de cartuchos de tinta e toner.

Com o grande crescimento da indústria de cartuchos, a cidade de Handan se tornou domicílio da PhotoC, uma fabricante de toner e tambores e agora, uma subsidiaria da China Ship Building, que provê a muitas grandes fábricas de remanufatura com toners e tambores.

Buscando uma vantagem competitiva, a integração vertical tem sido sempre uma parte importante da estratégia de negócio da Print-Rite. Em empresa instalou ICMI China e começou a produzir toner em 2004. Em 2010, adquiriu alguns ativos da obsoleta firma alemã AEG Photoconductor incluindo sua planta de tambores OPC em Shanghai.

Hoje a empresa gera quase a metade de seu faturamento pela venda de tinta a granel e toner combinados com tambores e componentes. O faturamento pelas matérias-primas tem suplantado ao faturamento de cartuchos de tinta prontos, que costumavam ser de grande importância para a empresa, mas ofereciam margens muito estreitas.

Muitas outras empresas atualmente estão impulsionando seus investimentos em integração vertical nas linhas de produtos importantes do mercado.

PUBLICIDADE

A diferença das empresas que fornecem à remanufatura em mercados mais estabelecidos como os dos Estados Unidos e Europa, a indústria chinesa da remanufatura ainda tem que experimentar maior consolidação, mesmo que a união de certas empresas comerciais tenha ajudado a algumas empresas da remanufatura chinesa a desfrutar dos benefícios de uma fusão sem deixar de ser independentes.

Exemplo disso é a Hubei Dinglong Chemical que em outubro de 2013 completou sua aquisição do Mito Color Imaging, um remanufaturador de cartuchos toner color em Zhuhai, por quase ¥145 milhões (aproximadamente 23 milhões de dólares).

Além de agrupar partes da indústria do cartucho toner em Zhuhai, Hubei Dinglong está ampliando sua capacidade de produção de toner, assim como sua capacidade para comercializar componentes chaves do cartucho incluindo chips.

Não cabe nenhuma dúvida que a indústria da remanufatura em China experimentará mais consolidação no curto prazo.
Website: http://www.creativecopias.com.br/