Notícias Corporativas

OFERECIDO POR
Ciência & Saúde

A marca global de ingredientes, a NZMP, escolhe suas 5 melhores tendências de consumidores para 2019

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

NZMP

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui:
https://www.businesswire.com/news/home/20190227006048/pt/

Alex Turnbull, NZMP Marketing Director (Photo: Business Wire)

Alex Turnbull, NZMP Marketing Director (Photo: Business Wire)

PUBLICIDADE

1. Bem-estar digestivo
2. A importância do lanche como uma refeição
por si só
3. A ética envolve todos
4. Bem-estar total
5.
Consumo pela curiosidade

Informações de alguns dos maiores pesquisadores* mundiais sobre
alimentação e nutrição foram analisadas pela NZMP, que escolheu suas
cinco melhores tendências de alimentos e bebidas para fabricantes em
todo o mundo. A NZMP, marca global de ingredientes da Fonterra, espera
que as informações ajudem seus consumidores em todo o mundo com a
colocação e desenvolvimento de seus produtos.

Alex Turnbull, diretor de Marketing da NZMP, diz que as tendências estão
ajudando a moldar o mercado de produtos de consumo rápido (Fast-Moving
Consumer Goods, FMCG), com a NZMP na linha de frente na entrega das
tendências em todos os seus mercados.

“Em nível macro, essas tendências são guiadas por uma mudança
demográfica global, urbanização rápida e crescimento da riqueza. A NMZP
ajuda nossos consumidores a atender às suas necessidades de consumo,
sendo relevante e perceptiva em escala. Com uma ampla variedade de
ingredientes baseada em produtos lácteos e uma liderança mundial com um
rico conhecimento desses produtos, a NZMP desempenha um papel ativo de
avanço nessas tendências,” diz Alex.

Bem-estar digestivo

A New Nutrition Business e a Mintel relatam que a crescente
conscientização das pessoas sobre a ciência de microbioma, e como ela
pode afetar a saúde e o bem-estar geral, está mudando a forma de os
consumidores pensarem sobre alimentação. Como resultado, há uma
crescente demanda dominante por produtos cujo enfoque seja o bem-estar
digestivo.

PUBLICIDADE

James Dekker, gerente de Programa, Nutrição e Saúde da NZMP, diz que uma
dieta que auxilie a saúde intestinal pode ter muitos benefícios.

“Anos de pesquisa foram conduzidos sobre probióticos e sua função em
preservar as bactérias intestinais boas. No passado, o efeito dos
probióticos no microbioma intestinal era sobre conforto e bem-estar
digestivo. De fato, probióticos lácteos são muito procurados e bem
conhecidos por fortalecer a imunidade. Mais recentemente, começamos a
constatar evidências de que probióticos podem ter outras funções
benéficas cognitivas, anti-inflamatórias e para a saúde metabólica. Eles
estão se tornando mais populares como parte dos produtos de estilo de
vida esportivo e ativo para adultos”, diz James.

De acordo com a New Nutrition Business, o iogurte se destaca entre os
consumidores como um dos três melhores “alimentos bons” para a saúde
digestiva, junto com frutas e vegetais.

O lanche como uma refeição por si só

A pesquisa1 da NZMP mostra que o lanche representa 40% do
consumo de alimentos e bebidas em diversos mercados e está se tornando
uma refeição importante por si só. Conforme as soluções de lanches se
tornam mais acessíveis e populares, a demanda pela qualidade dos
alimentos e bebidas para lanches também evolui.

De acordo com Roshena de Leon, Gerente Global de Percepções da NZMP, “a
tendência de lanches está evoluindo e não há limites para o
desenvolvimento de novos produtos. A Innova relata que opções saudáveis
de lanches têm mostrado o crescimento mais rápido no desenvolvimento de
novos produtos nos últimos 5 anos e os consumidores estão dispostos a
pagar por lanches saudáveis/funcionais”, diz Roshena.

A ética envolve todos

O interesse do consumidor no fornecimento ético e na sustentabilidade
continua evoluindo, agora por toda a cadeia de suprimento.

De acordo com a Globaldata, 41% dos consumidores, ao fazer compras,
buscam selos que representem ética e sustentabilidade, 38% estão
dispostos a pagar por materiais sustentáveis e 30% estão dispostos a
pagar por declarações de responsabilidade social, como “criados em
pastos” e “de forma humana”.

Lara Phillips, gerente de Valor Sustentável, diz que a preocupação do
consumidor com a sustentabilidade os fará procurar por produtos que
sejam “saudáveis para o mundo” e “saudáveis para mim”.

“Produtores da Nova Zelândia são líderes mundiais em muitos aspectos na
área de laticínios sustentáveis, com alta produtividade, alimentação com
pasto o ano todo e baixo uso de suplementos alimentares. Como resultado,
nossos produtos lácteos estão entre os que têm as mais baixas emissões
de carbono e entre os que têm as taxas mais altas de alimentação
herbívora.

“Muitos consumidores da NZMP estão impulsionando mundialmente a
referência da alimentação herbívora na Nova Zelândia, o que traz
confiança quantoàcadeia de suprimento e as origens de seus produtos.
Estamos ansiosos para trabalhar com mais clientes para ajudar a dar vida
àsua história de sustentabilidade”, diz Lara.

Bem-estar total

A consciência dos consumidores tem aumentado sobre sua saúde geral, o
que evoluiu de apenas saúde física para o bem-estar físico, mental e
emocional. Como resultado, a colocação de produtos baseada em
informações como idade e gênero apenas, se tornará menos relevante, o
que dará lugaràcolocação baseada no estilo de vida.

“Alinhados a essa tendência, esperamos ver mais oportunidades de
colaboração entre categorias aparentemente desconectadas ou
independentes, por exemplo, alimentos e dispositivos eletrônicos,
vestuário e bebidas, recipientes de alimentos e fórmulas. Também haverá
mais oportunidades de venda e divulgação cruzada, ligadas por um
objetivo em comum de ajudar os consumidores a alcançar o bem-estar
total”, diz Roshena De Leon.

Consumo pela curiosidade

Lançamentos monitorados pela Mintel mostram um aumento de 39% em
lançamentos de alimentos e bebidas com a “descoberta” de uma mensagem
chave na embalagem em 2017 e 2018. A Innova observa que, “despertar a
curiosidade do consumidor por meio da inclusão de um elemento surpresa”

é um modo de ativar esta tendência.

De acordo com Roshena, “novas experiências continuam importantes como
parte do consumo de alimentos e bebidas. Os consumidores valorizam a
autenticidade dessas experiências no lugar de produtos genéricos e
prestam mais atenção a alta qualidade, exclusividades e ofertas
diferenciadas. Além de tudo isso, a glocalização de alimentos que
começou anos atrás será impulsionada e veremos mais comidas étnicas
sendo apresentadas, incluindo opções de laticínios étnicos.”

Entre em contato com a NZMP na sua região por aqui.

Consulte o infográfico de tendências de 2019 da NZMP aqui.

*Fontes:

Globaldata Sustainability & Ethics, 2018 (Ética e sustentabilidade da
Globaldata de 2018)

Globaldata, Consumer Survey Q3, 2018 (Pesquisa de consumidor do 3º.
trimestre de 2018 da Globaldata)

Nielsen, The Power of Snacking, 2018 (Nielsen, O poder do lanche,
2018)

Mintel Global New Products Database (Banco de dados global da Mintel
de novos produtos)

Innova, Trends 2019 (Innova, Tendências de 2019)

New Nutrition Business, 10 Key Trends in food, nutrition and health,
2018/2019 (New Nutrition Business,10 tendências chave de alimentos,
nutrição e saúde de 2018/2019)

Mintel, Total Wellbeing, 2018 (Mintel, Bem-estar total de 2018)

Fonterra Sustainability Report, 2018 (Relatório de sustentabilidade
da Fonterra de 2018)

Vídeos curtos de novidades e entrevistas estão disponíveis para download
pelo dropbox por aqui.

1 Pesquisa de espaços de demanda da NZMP na Malásia,
Indonésia, Estados Unidos, China, Nigéria, Arábia Saudita e Brasil de
2018

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada.
As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se
referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que
tem efeito legal.

Contato:

Para imagens, entre em contato com:

Adam Szentes, Porter Novelli em
nome da NZMP

adams@porternovelli.co.nz

+
64 21 265 1067

Fonte: BUSINESS WIRE