Clear Corretora

OFERECIDO POR
Conteúdo Patrocinado

Mercado fracionário é a solução para o investidor iniciante na Bolsa em tempos de coronavírus; conheça as vantagens

No atual cenário é possível comprar pequenas quantidades de ações e surfar nas ondas de alta mesmo com menos dinheiro investido

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

O Brasil atravessa um momento turbulento: os efeitos econômicos da Covid-19, doença causada pelo coronavírus, estão latentes nos mercados.

Para o investidor que está começando a aplicar na Bolsa agora o momento pode parecer uma cena de filme de terror com perdas e mais perdas.

No entanto, há alternativas que podem auxiliar a entrada na bolsa de valores e o investimento em ações mesmo durante a pandemia.

Mercado fracionário

O mercado fracionário é uma ótima alternativa para quem quer aplicar em bolsa, mas não quer arriscar muito. Nesse cenário, é possível comprar pequenas quantidades de ações e surfar nas ondas de alta mesmo com menos dinheiro investido.

“Mesmo com a crise, o número de CPFs na bolsa aumentou 37% neste ano. E o perfil da B3 não são bilionários. Eles têm cerca de R$ 20 mil para investir. Pensando em aplicar R$ 10 mil em renda variável, é pouco para ter uma carteira muito diversificada. Por isso, comprar um pacote de 100 ações, que é o padrão, por R$ 35 sai caro para esse investidor”, explica Beatriz Aguillar, do Papo de Bolsa.

No entanto, quem começa comprando essa mesma ação no mercado fracionário pode adquirir 10 ações, por exemplo. E consegue diversificar mais sua carteira.

Assim, o mercado fracionário se torna um caminho possível em um momento difícil.

“Ao invés de um lote padrão de 100 ações, o investidor pode comprar 25 ações em um mês, mais 50 em outros e assim por diante. E, ainda, consegue manter um fluxo de caixa nesse período. Passando de 100 ações, o investidor já pode vender o combo no mercado tradicional, mas para comprar de pouco em pouco tem que ser no fracionário. Tudo pode ser feito no próprio home broker”, explica Aguillar.

É verdade que o mercado fracionário tem uma liquidez menor, já que são menos pessoas negociando. Aguillar também alerta que, por vezes, o preço da ação é levemente diferente. “Se no tradicional é R$ 7, no fracionário é R$ 7,05. Mas ações do mercado fracionário também pagam dividendos, que são proporcionais à quantidade adquirida”, diz.

Cautela

Mesmo para quem já opera, o mercado fracionário pode ser uma opção.

“É uma boa para entrar aos poucos. Tenho R$ 50 mil para investir hoje, mas com a pandemia, por exemplo, só cai. Posso comprar parte hoje e deixar para comprar mais na semana que vem. É uma forma de participar do mercado sem apostar muito.

Segundo ela, ela mesma usa o fracionário pra rebalancear o portfólio. “Eu tenho 10 ações, cada uma com 10% de peso. Mas elas caíram para 8% de participação dado o momento que estamos passando. Por exemplo, para voltar para os 10% preciso comprar 542 ações. Vou no home broker compro 500 no comum e 42 ações no fracionário”, exemplifica.

Mas Beatriz lembra: “só vale a pena quando os custos operacionais são reduzidos. Não adianta economizar 1.000, mas gastar com corretagem e emolumentos caros. Se não, mata a rentabilidade só com os custos. Essa é a principal vantagem da Clear Corretora, que não cobra taxa de corretagem e o investidor só paga as taxas da B3”, explica.

Ter uma conta em uma corretora que não cobra algumas taxas é uma grande vantagem. “Por exemplo: o investidor gasta R$ 10 em uma ordem de compra do mercado fracionário. E a ação custa R$ 7. Essa operação não compensa. Só o custo de aquisição é R$ 17. É prejuízo, já que o investidor vai precisar que a ação suba 120% para cobrir o custo”, explica Beatriz.

Quer começar a investir no mercado fracionário? Abra uma conta gratuita na Clear Corretora.

Disclaimer: CONTEÚDO PATROCINADO CLEAR CORRETORA, que é uma marca da XP INVESTIMENTOS CCTVM S.A Este material foi elaborado pela CLEAR CORRETORA (“Clear”) e tem caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Os prazos, taxas e condições aqui contidas são meramente indicativas. As informações contidas neste material foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A Clear não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros discutidos neste material podem não ser adequados para todos os investidores. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. A Clear não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido. Para mais informações ligue para 4003-6245 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800-887-9107 (demais localidades). Para clientes no exterior o contato é 55-11-4950-2199. Para reclamações, utilize o SAC 0800 77 40404. E se não ficar estiver satisfeito com a solução, favor entrar em contato com a Ouvidoria: 0800-200-5550. Para deficientes auditivos ou de fala favor ligar para 0800 771 0101 (todas as localidades).