Saída para a crise: imobiliárias tradicionais da capital mineira se rendem ao modelo de rede

Informação compartilhada e resultado efetivo são os principais motivos que atraíram empresas ao compartilhamento de imóveis

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Publicidade

Reinventar se tornou a palavra de ordem no atual cenário econômico vivenciado no Brasil. Principalmente em tempos de instabilidade financeira, essa transformação pode significar a geração de excelentes resultados. A união de forças em prol de um único objetivo tem ganhado adeptos em diversos segmentos da economia e tem se tornado uma saída para driblar a crise e alavancar os negócios. No ramo imobiliário, por exemplo, até mesmo as empresas mais tradicionais têm enxergado na tecnologia do compartilhamento de informações e de imóveis uma oportunidade para multiplicar resultados.

A Rede Netimóveis, fundada há 20 anos, foi pioneira no Brasil no desenvolvimento do modelo de negócios em rede e tem registrado uma demanda crescente de empresas interessadas em integrar o grupo.
Segundo o diretor de comunicação e marketing da rede, José De Filippo Neto, nos últimos dois anos, a rede ampliou em 21% sua carteira de imobiliárias associadas. “Com a acomodação do mercado, a cultura do trabalho em rede passa a ser indispensável e ainda mais rentável do que atuar individualmente, uma vez que, 80% dos negócios realizados na Netimóveis acontecem de forma compartilhada. Isto é, imóveis captados por uma empresa e vendidos e/ou alugados por outra empresa da rede. Esse índice é expressivo e similar aos da rede de corretores de imóveis e imobiliárias denominada MLS (Multiple Listing Service) que tem atuação no mercado norte-americano e canadense”, afirma.

Recentemente, duas grandes imobiliárias, tradicionais em Belo Horizonte e com décadas de atuação no segmento, a Comiteco e a Imop, aderiram ao negócio Netimóveis. Com mais de 80 anos de fundação, a Comiteco – uma empresa familiar, vislumbrou novas possibilidades com a formação de alianças estratégicas para comercializar imóveis. “Fizemos uma pesquisa de mercado e constatamos que entrar para a Rede Netimóveis seria um excelente negócio, tendo em vista a credibilidade do grupo e o apoio oferecido aos associados. Nos preparamos para essa adesão de forma organizada e já na primeira semana realizamos nossa primeira venda compartilhada. Esperamos que esta parceria perdure por, pelo menos, os próximos 80 anos”, afirma Fabiano Ambrósio, diretor de negócios da Comiteco.
Para Paulo César de Souza Andrade, diretor da IMOP, agora Netimóveis, que atua há 27 anos nas regiões Leste e Nordeste da capital, a soma de competências para a realização de negócios imobiliários e o padrão de excelência dos processos desenvolvidos no grupo chamaram a atenção da diretoria na hora de decidir pelo credenciamento. “Fizemos vários testes e simulações no portal Netimóveis e nosso retorno foi extremamente positivo tendo em vista a funcionalidade da página. Por isso, nossas expectativas são as melhores, considerando a seriedade, a qualidade e comprometimento de toda a equipe”, afirma.

Continua depois da publicidade

Sobre a Rede Netimóveis

A Rede Netimóveis nasceu em Belo Horizonte (MG), em 1995, junto com a internet brasileira. Hoje, a rede reúne imobiliárias credenciadas em Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Santa Catarina, Bahia e Distrito Federal, que operam uma carteira com mais de 100 mil imóveis documentados em todo o Brasil.
“Fomentar e ampliar o número de negócios das suas agências credenciadas, baseando-se no compartilhamento de informações e da carteira de imóveis é um dos pilares do grupo”, afirma o presidente da Célula BH, Ronaldo Starling. O cliente também é um grande beneficiado, uma vez que poderá ser atendido por uma única empresa com a vantagem de que ela poderá apresentar toda a carteira de imóveis sem que ele tenha que procurar várias imobiliárias para realizar o negócio dos seus sonhos.

A segurança e a credibilidade são essenciais para manter a eficiência em todas as operações da rede que mantém em seu DNA a tecnologia como ferramenta de inteligência imobiliária. O grupo conta com um departamento de TI próprio que reúne profissionais com sólida formação em tecnologia imobiliária e que desenvolvem todas as plataformas digitais da rede, inclusive o SAN G3 (Sistema de Atendimento Netimóveis). Ele é responsável por originar todas as informações do grupo, coordenando as captações e permitindo o compartilhamento de imóveis não exclusivos sem duplicidades e consequentes conflitos entre seus associados.

A qualificação dos corretores é também um dos diferenciais do grupo. Ela é obtida por meio de um programa de treinamentos contínuos na UNICON (Universidade do Conhecimento Netimóveis) e um plano de carreira atrelado a resultados com metas claras que potencializam os resultados, reconhecendo, valorizando, recompensando e fidelizando talentos.

Website: https://www.netimoveis.com/

Tópicos relacionados