Mães apostam no empreendedorismo para estarem mais próximas dos filhos

Com o próprio negócio, as mulheres conseguem ficar mais perto dos pequenos, ter renda com maior possibilidade de crescimento, horário flexível e trabalhar com algo que gere mais prazer.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Publicidade

Movida pela vontade de estar mais presente na criação do filho e conquistar liberdade de tempo, a psicóloga Flávia Nusdeu deixou o consultório e se lançou em uma jornada de empreendedorismo. “Escolhi acompanhar o crescimento do meu filho de perto, optando por migrar 90% da minha atuação para o mundo virtual, o que me possibilita estar presente nesta época tão importante da vida dele”, conta ela.

A decisão de Flávia reflete uma realidade cada vez mais comum de mães que se reinventam profissionalmente para terem mais tempo para os filhos. Muitas mulheres se apavoram só de pensar no fim da licença maternidade e em ter que deixar os pimpolhos para cumprir uma extensa rotina de trabalho. Para terem mais tempo com os pequenos, muitas lançam mão da criatividade para empreender. Esse movimento é conhecido como empreendedorismo materno e ganha cada vez mais adeptas.

Além de estarem mais próximas dos filhos, essas mulheres alcançam outras conquistas como ter uma renda com maior possibilidade de crescimento, horário flexível e trabalhar com algo que gere mais prazer. A coach de empreendedores, Caroline Caracas, tem orientado muitas mães a fazerem essa transição de carreira, permitindo que a escolha profissional seja direcionada para um caminho onde trabalho e maternidade caminhem de mãos dadas.

Continua depois da publicidade

“A intenção do meu trabalho é ajudar as pessoas a encontrarem um negócio que esteja alinhado ao seu propósito de vida. O treinamento tem atraído muitas mães que desejam ficar mais próximas dos filhos, ter mais tempo para si e encontrar a felicidade fazendo o que gosta”, explica Caroline. Através do Programa Empreenda-se , um treinamento online, a coach indica um passo a passo que envolve práticas de autoconhecimento, planejamento do negócio e a utilização do marketing digital para a divulgação da nova atividade.

A designer Amanda Machado foi uma das mães que participou do Empreenda-se para fazer a transição de carreira de forma mais segura. Após 10 anos no mundo corporativo, ela tirou do papel o projeto da sua loja virtual de materiais para festas, a Nuvem, que surgiu com o nascimento de seu filho. Hoje, Amanda é feliz fazendo o que mais ama: inspirar as pessoas a cultivarem boas memórias e valorizarem bons momentos. “Não é fácil colocar a ideia em prática, mas, com orientação adequada, pesquisa, planejamento e ação, é possível transformar um projeto em realidade”, afirma Amanda que já está colhendo bons resultados.

Para quem deseja saber mais sobre o Programa Empreenda-se, pode acessar AQUI .

Website: http://bit.ly/1U4hw1E

Tópicos relacionados