Escritório brasiliense apresenta instalação inspirada na casa como templo

Eduardo Sáinz e Lilian Glayna desenvolveram vitrine-instalação delineada entre poesia, livros de arte

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Publicidade

Uma das mais importantes empresas brasilienses voltadas para o resgate e a busca do design autoral brasileiro, a Hill House inaugurou, no mês de maio, a sua mais nova vitrine conceitual. Inspirada no tema “O espaço e sua poética”, os arquitetos convidados para esta edição, Eduardo Sáinz e Lilian Glayna, sócios-proprietários do escritório boutique 1:1 arquitetura:design, desenvolveram uma vitrine-instalação delineada entre poesia, livros de arte, pensamentos e corações – local, segundo os autores, “onde nascem as memórias; a Arquitetura é quase Arte; e a Arte é quase vida”. O espaço está à disposição do público no shopping CasaPark, em Brasília.

Para a elaboração do projeto, a dupla contou com a parceria do empresário Carlos de Oliveira, proprietário da loja, e com a artista visual Valéria Pena-Costa, que idealizou a concepção literária da instalação desenvolvida pelos profissionais. Segundo Eduardo Sáinz, o desenvolvimento da vitrine teve tanto sucesso devido às excelentes parcerias realizadas e também pela liberdade que obteve da Hill House para criar o conceito do projeto. “Foi um espaço de permissões, um quadro em branco, onde conseguimos romper fronteiras por meio da arte”, explicou o arquiteto.

Com mobiliário de Sérgio Rodrigues e XXX, a vitrine assinada pela 1:1 arquitetura:design foi concebida com tons sóbrios acinzentados pontuados pelo vermelho e amarelo. Na instalação, molduras de quadros flutuam pelo espaço vazio remetendo o expectador para um cenário de sonho. No teto, as instalações luminotécnicas fortalecem o estilo industrial bem característico do escritório responsável pelo projeto.

Continua depois da publicidade

Palco de instalações de renomados profissionais, a Hill House já teve sua vitrine assinada por diversos artistas e designers de renome nacional e internacional como Jader Almeida, Estudio Manus, Guto Indio da Costa, Ralph Gehre, Valéria Pena-Costa, entre outros grandes. A cada semestre, uma nova vitrine conceitual é criada no local.

Sobre o escritório boutique 1:1 arquitetura:design

O 1:1 arquitetura:design foi criado em 2012 pelos arquitetos Eduardo Sáinz e Lilian Glayna. Desde seus primeiros projetos, o estúdio capturou a atenção de clientes, entusiastas e da mídia nacional e internacional. Presente em publicações de mais de 45 países, a arquitetura autoral do 1:1 é facilmente reconhecida e merecidamente celebrada.

A mistura do minimalismo com uma sensibilidade cosmopolita é o alicerce, o ponto de partida, da arquitetura diferenciada do 1:1. Além de projetos residenciais, o escritório acolhe demandas cada vez mais complexas para projetos corporativos e residenciais. Com portfólio eclético, o estúdio tem como um dos principais diferenciais a aplicação de materiais inusitados e um verdadeiro direcionamento de arquitetura autoral a projetos de uso cotidiano.

Tópicos relacionados