Empresa de comida fit aposta em e-commerce para faturar 10 vezes mais

Um dos segredos da Gym Chef Comida Fit é o investimento em estratégias online em plataforma de e-commerce, Google e Facebook, além do atendimento personalizado por whatsapp

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Publicidade

A consultoria Euromonitor colocou as bebidas e alimentos saudáveis como uma das grandes tendências de consumo para o futuro. Somente no Brasil, esse segmento movimentou o equivalente a 35 bilhões de dólares entre 2009 e 2014, o que faz do país o quarto maior mercado do mundo.

Um levantamento da Nielsen sobre hábitos de alimentação ao redor do mundo identificou que 50% das pessoas querem perder peso, e a principal forma é por meio da alimentação. E mais: 88% delas estão dispostas a pagar mais por isso.

Uma pesquisa deste ano da Associação Brasileira de Franchising feita com franquias de alimentação em 11 segmentos de culinária mostrou que os estabelecimentos de apelo saudável tiveram o maior crescimento no faturamento em 2015 e o segundo maior ticket médio. Já os que vendem comidas típicas de fast food, como hambúrgueres e sanduíches, performaram entre as piores posições nos dois indicadores.

Continua depois da publicidade

Quando o empresário Leandro Possacos decidiu criar o e-commerce Gym Chef Comida Fit – empresa de alimentos saudáveis para dietas de emagrecimento – ele nem imaginava que estava entrando num dos mais lucrativos mercados brasileiros. Isso porque, além de atuar no setor de alimentos saudáveis que cresce ano após ano no país, mesmo em um cenário de crise, a Gym Chef também compete no concorrido mercado de entregas de comida fit congelada a domicílio, (entregas com dias e horários agendados previamente) que apenas nos EUA é responsável por movimentar 70 bilhões de dólares por ano, segundo dados do banco Citibank.

Essa “dupla atuação” da empresa possibilita que ela tenha um modelo de negócio capaz de enfrentar momentos de retração da economia e, ao mesmo tempo, crescer em ritmo acelerado. Em 2016, por exemplo, já faturou dez vezes mais do que em 2015. E existe mais de uma razão para esse sucesso.

A consequência dessa experiência é que a empresa agora desenvolve um aplicativo próprio para fortalecer o seu negócio. Essa, aliás, é outra grande tendência do setor. Nos Estados Unidos, apenas 4% das vendas de delivery são feitas por aplicativos.

“Queremos um aplicativo que não seja meramente a reprodução do e-commerce, mas uma ferramenta para quem busca vida saudável e alimentação de qualidade”, conta Leandro Possacos da Gym Chef Comida Fit

Todo o cardápio é vendido pelo site, e os programas de emagrecimento são elaborados por nutricionistas para durarem até 20 dias. As refeições são entregues congeladas, e a empresa investiu em um inteligente esquema de logística para atender uma área maior do que a dos concorrentes. Mas não é somente esse o motivo que explica o crescimento da Gym Chef.

Um dos segredos da companhia é o investimento que ela faz na internet, principal canal de comunicação com seus clientes. Além de uma plataforma de e-commerce e anúncios no Google e no Facebook, ela aposta no relacionamento.

“Além da capital e da Grande SP, temos estrutura para entregar em municípios do litoral e do interior”, destaca o fundador da Gym Chef Comida Fit

Gym Chef Comida Fit

Tópicos relacionados