Dia do Meio Ambiente: aluna da RSE cria projeto de conscientização ambiental

O Dia Mundial do Meio Ambiente é celebrado em 5 de junho. Nesta data, destacamos o projeto “O Nosso Planeta”, elaborado por Laís Ferreira Nazareth, 8 anos, aluna do Instituto Nossa Senhora da Glória (INSG-Castelo).

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Publicidade

Estimular toda a comunidade educativa na conscientização para a preservação do meio ambiente. Esse é o objetivo do projeto “O Nosso Planeta”, criado pela aluna Laís Ferreira Nazareth, do 5º ano do Instituto Nossa Senhora da Glória (INSG Castelo), em Macaé-RJ.

A ideia da Laís surgiu após o lançamento da Campanha da Fraternidade deste ano, que tem como tema “Casa comum, nossa responsabilidade”, e também por ficar sensibilizada pelo conteúdo apresentado no vídeo “A carta de 2070”, exibido na aula de Ensino Religioso pelo professor Júnior Guzzo.

“Vimos que o mundo estará em péssimas condições no futuro se continuarmos destruindo a natureza. Então me deu vontade de fazer alguma coisa para ajudar a melhorar o mundo”, explicou a estudante, de 9 anos.

Continua depois da publicidade

Preocupada com as questões ambientais e as mudanças em nosso planeta, Laís convidou seus amigos de classe para organizar o projeto, que foi divulgado durante a acolhida na escola. Para mobilizar os colegas, pais e professores, a aluna confeccionou uma caixinha e um mural, que foram instalados no pátio, onde as pessoas registram dicas e/ou experiências que tenham como objetivo a preservação do planeta. Regularmente a aluna olha os bilhetes que são depositados a fim de descobrir uma ação inédita, que possa ser compartilhada com os colegas.

“A água é muito importante para todos e temos que economizá-la para não acabar. Devemos incentivar os pequenos a fazerem o que é certo”, disse a colega de turma, Júlia Magalhães.

Envolvimento dos colegas e dos pais

Para Laís, a adesão dos colegas é uma conquista. “Estou muito feliz de ver que as pessoas estão participando. Elas geralmente contam o que estão fazendo em casa para melhorar nosso planeta. Fico satisfeita que assim também estou conseguindo colaborar”.

Em casa, a aluna recebe também o apoio dos pais, que veem na escola uma grande incentivadora de boas ações. “Gostaríamos de agradecer pelo apoio à iniciativa da Laís. Incentivar a prática de boas ideias aumenta a autoestima e a produtividade das pessoas, tornando-as bons cristãos e virtuosos cidadãos”, afirmaram Victor e Gabrielle, pais da Laís.

Para a coordenadora pedagógica do ensino fundamental I, Patrícia Certório, é gratificante incentivar e vivenciar a participação dos alunos no projeto. “As crianças estão contribuindo para a conscientização das pessoas sobre a importância de desenvolver, acompanhar e assumir a educação ambiental e sustentável, pensando em soluções para os problemas atuais e para construção de um futuro mais digno para todos. Essa conscientização é uma urgência, de responsabilidade individual e coletiva para melhoria das condições vitais do nosso planeta, da nossa “casa comum”, mas a semente da conscientização e da ação precisa ser bem cultivada em cada coração, pois assim germinará e colheremos frutos bons”, conclui.

Tópicos relacionados