Abrir uma pizzaria pode ser um ótimo investimento

Mesmo durante o descanso, muitas pessoas preferem pedir uma refeição ou até sair, evitando os trabalhos de casa como limpar a cozinha e lavar a louça.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Publicidade

Com a correria do dia a dia, milhões de brasileiros estão optando por fazer suas refeições em restaurantes e bares, além disso, o setor está crescendo a cada ano que se passa. Segundo a Abrasel (Associação Brasileiras de Bares e Restaurantes), o setor de alimentação gera em torno de 6 milhões de empregos diretos pelo país, com cerca de 1 milhão de estabelecimentos espalhados. Atualmente o setor representa 2,7% do PIB nacional.

Um segmento que está ajudando estes números a crescer são as pizzarias. Um exemplo é a rede de pizzarias Domino’s, que em 2015, obteve crescimento de 14% nas vendas, em relação ao ano anterior. A pizza hoje é um dos alimentos que está na preferência do brasileiro.

As pizzarias que oferecem entregas à domicílio ou mais conhecidas como delivery, estão entre as que mais crescem. Em 2015, das 36 mil pizzarias, 80% trabalham apenas com entregas.

Continua depois da publicidade

Em 2014 setor movimentou cerca de 8,5 bilhões ao ano ainda com uma estimativa de crescimento de 8%. Segundo a Associação de Pizzarias Unidas, em São Paulo foram vendidas cerca de 620 mil por dia no Estado de São Paulo.

Mesmo com um mercado competitivo muito grande, ainda é um dos investimentos mais rentáveis e de pouco risco, afinal, todo mundo gosta de uma pizza. Um dos motivos dos brasileiros se apaixonarem por este tipo de comida é a variedade, pode ser feita com diferentes recheios, agradando a “gregos e troianos”.

Mesmo dentro do segmento de pizzaria, você pode encontrar outros tipos de formatos e modelos para quem pretende montar uma pizzaria:

– Pizzaria à La Carte – É o mais tradicional, quando o cliente busca as opções por um cardápio;
– Pizzaria Rodízio – Para quem tem muita fome, este tipo de pizzaria fixa um preço e os clientes podem consumir em pedaços os diversos tipos de sabores.
– Pizzaria Fast Food – Um modelo que está ganhando adeptos, já que ao chegar no restaurante você pede a quantidade de pedaços e sabores que desejar. Muitos lugares já fornecem este tipo de serviço no horário do almoço como na janta.
– Pizzaria Delivery – Outro investimento que está crescendo. Muitas vezes prefere se alimentar no conforto da sua residência, então por que não pedir uma pizza para ser entregue em casa?

Segundo Gerson, especialista de cozinhas industriais e proprietário da Projeta Inox , pizzarias equipadas com estruturas de qualidade são as que se destacam na preferência do cliente, “não é necessário investir muito dinheiro, mas o suficiente para oferecer um produto com qualidade e que conquiste novos clientes, além de fidelizá-los”.
Website: http://www.projetainox.com.br/

Tópicos relacionados