Em paranapanema

Acionista vende R$ 38,1 milhões em ações de "ex-blue chip" em leilão na Bovespa

A operação, conhecida no mercado como "block trade", foi intermediada pelo Bradesco e resultou sozinha em um volume financeiro quase 40 vezes maior que o giro médio diário

Paranapanema 03 - Eluma Utinga
(Divulgação Paranapanema)

SÃO PAULO - Um leilão de venda de ações da Paranapanema (PMAM3) ocorrido nesta quinta-feira movimentou R$ 38,1 milhões em ações da companhia na Bovespa, com a demanda ficando levemente abaixo do esperado.

A operação, conhecida no mercado como "block trade", foi intermediada pelo Bradesco e resultou sozinha em um volume financeiro quase 40 vezes maior que o giro médio diário dos últimos 21 pregões movimentado com a ação na Bolsa (ou R$ 1,127 milhões). Após o leilão, que ocorreu entre às 16h45 e 17h (horário de Brasília), as ações da companhia caíam 4,79% na Bolsa, a R$ 1,79.

Segundo comunicado da BM&FBovespa, o acionista esperava vender o papel por R$ 1,90 no leilão, acima da cotação atual, sendo colocadas para venda 21.009.078 ações, ou 6,58% do capital da empresa. A Bolsa não identificou o investidor, mas disse que ele não é controlador ou integrante do bloco de controle e que ele desconhece qualquer informação relevante sobre a empresa que não seja de domínio público.

Baixe agora a Carteira InfoMoney 2016! Basta deixar o seu email abaixo:

 

Contato