Em osxbrasil

Conselho da OSX aprova pedido de recuperação judicial

Companhia de indústria naval segue os passos da principal empresa do grupo EBX e entra com o recurso 9 dias depois da petroleira; Angra Partners é novamente acionada

OSX-3
(Divulgação/OSX)

SÃO PAULO - Nove dias após a OGX Petróleo (OGXP3), principal empresa do grupo EBX, oficializar seu pedido de recuperação judicial, foi a vez da OSX Brasil (OSXB3) seguir os mesmos passos. De acordo com fato relevante publicado pela companhia nesta sexta-feira (8), o conselho de administração aprovou, "em caráter de urgência", o ajuizamento de pedido de recuperação judicial, em conjunto com suas controladas, OSX Construção Naval S.A. e OSX Serviços Operacionais Ltda.

A companhia também informou que seu conselho de administração aprovou a demissão de Marcelo Luiz Maia Gomes e decidiu eleger Ivo Dworschak Filho como novo diretor-presidente, que acumulará as novas atribuições com as de diretor de Construção Naval.

Assim como foi anunciado pela petroleira de Eike Batista, a consultora Angra Partners, liderada pelo sócio Giovanni Foragi, foi contratada para coordenar a OSX em seu processo de reestruturação, no lugar da Alvarez & Marsal.

A empresa anunciou que será realizada uma Assembleia Geral Extraordinária no dia 28 de novembro, às 12h00, para ratificar o pedido de recuperação judicial destituir e eleger membros do Conselho de Administração, alterar a denominação social e o endereço da sede social da Companhia

 

Contato