Investimentos

Veja quanto seu filho vai ter aos 21 anos se você investir R$ 500 por mês

A diferença entre a melhor e a pior opção de investimento passa de R$ 80 mil em valores reais

Por  Leonardo Pires Uller

SÃO PAULO – Escola, alimentação, saúde, segurança. Ser pai, definitivamente, não é uma tarefa fácil e envolve uma série de preocupações constantes. No entanto, uma questão que também aflige muitos pais é a de guardar dinheiro para que seus filhos comecem sua vida adulta com mais segurança financeira ou podendo ter um carro, um intercâmbio, ou ainda fazer uma boa faculdade particular. Muitos pais guardam dinheiro para o filho na poupança. No entanto, o que acontece quando se poupa R$ 500,00 todo mês para o filho quando ele chegar aos 21 anos?

O InfoMoney conversou com o CFP, planejador financeiro certificado pelo IBCPF, Jansen da Costa Silva, que fez simulações de investimento de R$ 500,00 por mês para diversas modalidades de investimento e a conclusão é clara: a poupança é, de longe a pior opção de investimento.

Já descontados os tributos e, supondo uma inflação de 6% ao ano nos próximos 21 anos, um investidor que guarde na poupança terá, em valores reais, R$ 136.987,89 caso guarde na poupança. Já se o investidor aplicar em um Tesouro IPCA+ com rentabilidade real de 6,36% ao ano, por exemplo, ele chegará a um total real de R$ 184.608,57.

Para o investimento em LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e LCA (Letra de Crédito do Agronegócio), ambas isentas de imposto de renda, que paguem 95% do CDI o montante final chega a R$ 221.824,09 – diferença de R$ 84.836,20. No entanto, nesse caso, é importante frisar que a maior parte desses títulos não aceita aportes de R$ 500,00 e assim, a estratégia mais adequada seria guardar por alguns meses em um investimento com boa liquidez e pouca volatilidade, como o Tesouro Selic, do Tesouro Direto, e depois aplicar nesses títulos.

Silva destaca que o Tesouro Direto é “a poupança da nova geração”. Para ele, quem busca investir de maneira conservadora, com baixo valor de investimento, pensando no longo prazo, o Tesouro Direto se mostra a melhor ferramenta. “O risco do Tesouro Direto é baixo e ele vem se aprimorando a cada momento”, afirma.

Confira a rentabilidade das opções de investimento para um prazo de 21 anos:

InvestimentoRendimento Bruto

Rendimento Real*

PoupançaR$ 273.700,95R$ 136.987,89
Tesouro Selic**R$ 574.315,07R$ 191.520,47
Tesouro IPCA+R$ 546.176,93R$ 184.608,57
LCI/LCAR$ 481.236,66R$ 221.824,09

* Já descontados os Tributos

** Projeção feita com taxa Selic de 12,75% ao ano

Compartilhe