Em onde-investir / tesouro-direto

Tesouro Direto: confira as taxas e os preços de títulos públicos nesta quinta-feira

Destaque do dia, inflação medida pelo IPCA fechou julho com alta de 0,19%, abaixo do esperado pelo mercado

SÃO PAULO – Os títulos públicos negociados no Tesouro Direto, programa que possibilita a compra e venda de papéis por investidores pessoas físicas por meio da internet, abriram os negócios desta quinta-feira em queda e seguiram praticamente estáveis nesta tarde.

Dentre as principais notícias do dia, a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou julho com alta de 0,19%, depois de um avanço de 0,01% em junho, segundo informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado veio abaixo do esperado por economistas consultados pela Bloomberg que, na mediana, esperavam uma aceleração para 0,24% na base mensal. Em 12 meses, o IPCA acumula alta de 3,22%. 

Na cena externa, a toada dos negócios é positiva, em meio a um novo sinal de alívio vindo da China, que fixou um valor mais forte que o esperado para o yuan contra o dólar. O dólar foi fixado em 7,0039 por dólar e, mesmo superando a marca psicológica de 7, na maior desvalorização desde abril de 2008, ficou abaixo do valor de 7,0156, que era a média esperada por 21 analistas e operadores ouvidos pela Bloomberg.

Na cena política, o mercado comemora a rejeição de todos os destaques apresentados pela oposição ao texto da reforma da Previdência, aprovado em segundo turno na Câmara dos Deputados. O texto traz uma economia de R$ 933 bilhões em dez anos aos cofres públicos, cerca de 30% acima das estimativas iniciais do mercado.

O secretário da Previdência, Rogério Marinho, afirmou que já irá conversar com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) para planejar a tramitação da reforma daqui para frente. 

No Tesouro Direto, dentre os títulos com rendimentos prefixados, o prêmio anual do Tesouro Prefixado 2022 se mantinha em 5,88%, enquanto o retorno do Tesouro Prefixado 2025 caía de 6,84% para 6,83% e o juro do Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2029 seguia em 7,10%.

Já no grupo de papéis com retorno indexado à inflação, o prêmio do Tesouro IPCA+ com vencimento em 2024 cedia de 2,79% para 2,78%, enquanto o retorno do papel de 2035 recuava de 3,54% para 3,53%. O juro do Tesouro IPCA+ com juros semestrais 2050 tinha baixa de 3,57% para 3,56%. O investidor pode adquirir o papel integralmente por R$ 4.781,71 ou aplicar uma quantia mínima de R$ 47,81 (recebendo uma rentabilidade proporcional à aplicação).

Invista em Tesouro Direto a partir de R$ 30: abra uma conta gratuita na Rico

Confira os preços e as taxas dos títulos públicos hoje:
Título
Vencimento
Taxa de Rendimento (% a.a.)
Valor Mínimo
Preço Unitário
Indexados ao IPCA  
Tesouro IPCA+ 2024 15/08/2024 IPCA + 2,78 R$ 56,39 R$ 2.819,97
Tesouro IPCA+ 2035 15/05/2035 IPCA + 3,53 R$ 37,50 R$ 1.875,39
Tesouro IPCA+ 2045 15/05/2045 IPCA + 3,53 R$ 39,80 R$ 1.326,93
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2026 15/08/2026 IPCA + 2,92 R$ 39,42 R$ 3.942,78
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2035 15/05/2035 IPCA + 3,40 R$ 42,82 R$ 4.282,89
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2050 15/08/2050 IPCA + 3,56 R$ 47,81 R$ 4.781,71
Prefixados  
Tesouro Prefixado 2022 01/01/2022 5,88 R$ 34,88 R$ 872,21
Tesouro Prefixado 2025 01/01/2025 6,83 R$ 35,03 R$ 700,63
Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2029 01/01/2029 7,10 R$ 36,03 R$ 1.201,24
Indexados à Taxa Selic  
Tesouro Selic 2025 01/03/2025 Selic + 0,02 R$ 102,47 R$ 10.247,18

Fonte: Tesouro Direto

Baixo risco, liquidez e acessibilidade

O Tesouro Direto é considerado a opção de investimento com o menor risco no Brasil e com ampla acessibilidade, dado o investimento mínimo a partir de R$ 30. Outra vantagem do programa diz respeito à liquidez, com a possibilidade de recompra diária dos títulos públicos pelo Tesouro.

O investidor pode aplicar em títulos públicos diretamente pelo site do Tesouro, se cadastrando primeiro no portal e abrindo uma conta em uma corretora, como a Rico Investimentos, por exemplo, para intermediar as transações. Atualmente, a maior parte das instituições financeiras habilitadas a operar no programa não cobra taxa de administração.

O único custo obrigatório que recai sobre o investimento em títulos públicos pelo Tesouro Direto corresponde à taxa de custódia, de 0,25% ao ano sobre o valor dos títulos, cobrada semestralmente no início dos meses de janeiro e de julho.

Saia da poupança e faça seu dinheiro render mais: abra uma conta gratuita na Rico

 

 

Contato