Urgente Bolsonaro decide tirar Joice Hasselmann da liderança do governo

Bolsonaro decide tirar Joice Hasselmann da liderança do governo

Renda fixa

Tenho R$ 1,7 mil por mês para aplicar no Tesouro Direto; onde invisto para a aposentadoria?

O professor Alan Ghani vai ao ar toda quinta-feira às 14h30 no InfoMoneyTV

SÃO PAULO – Uma leitora escreveu para o InfoMoney (duvidaimtv@infomoney.com.br) que quer ajudar os pais aposentados a aumentar o dinheiro da aposentadoria através de investimentos em renda fixa. 

O casal conta com uma reserva de emergência para um ano e pretende fazer um aporte mensal de R$ 1.700 durante um período de 7 anos. O objetivo é não mexer no dinheiro e chegar a um montante de R$ 200 mil. Qual o melhor título do Tesouro Direto para esta meta?

PUBLICIDADE

De acordo com o professor do InfoMoney, Alan Ghani, considerando o cenário de eleições, a melhor opção é comprar o Tesouro IPCA+ com vencimento em 2024, que está ‘protegido’ da inflação e paga um prêmio interessante (5,88% ao ano nesta tarde, por exemplo). A rentabilidade oferecida chega a se aproximar da paga pelo título com vencimento em 2050 (5,90% a.a.), o que torna o papel com vencimento em 2024 ainda mais atrativo por ser de vencimento mais curto.  “As taxas do Tesouro Direto subiram, o que torna esse um bom momento para a compra”, diz. 

Ao contrário de um CDB, por exemplo, em que o investidor fica preso ao papel até a data de vencimento, no Tesouro Direto a liquidez é diária, permitindo o resgate antes do vencimento. Ao vender o título antes do prazo contratado, porém, o investidor está sujeito às condições do mercado, podendo ganhar ou perder dinheiro ao realizar a venda.

Tesouro Direto para aposentadoria

Ghani explica que é muito interessante utilizar o Tesouro Direto como forma de aposentadoria. “Pensamos muito em fundos de previdência, mas a maioria deles compra títulos públicos, o que você pode fazer sozinho no site do Tesouro”, diz. Vale lembrar que as corretoras de investimento cobram taxa zero de custódia para investir no Tesouro Direto. Além disso, seguindo o Bradesco, o Itaú anunciou nesta semana que também deixará de cobrar a taxa.

O professor explica que o melhor é fazer aportes mensais e que, neste cenário, o Tesouro IPCA+ com vencimento em 2024 é o mais indicado, por conta da volatilidade nas taxas de juros ser menor – tema que será abordado no próximo programa. 

Quer investir nos títulos do Tesouro Direto? Abra uma conta na Rico