Renda fixa

Taxas do Tesouro Direto disparam nesta sexta-feira com incertezas sobre Previdência

Movimento de alta espelhou o nível de preocupação do mercado quanto à aprovação de reformas após declaração do presidente da Câmara, Rodrigo Maia

SÃO PAULO – Após dispararem pela manhã, as taxas do Tesouro Direto voltaram a recuar levemente na tarde desta sexta-feira (22), espelhando o nível de preocupação do mercado quanto à aprovação da reforma da Previdência.

O Tesouro IPCA com vencimento em 2024 (antiga NTN-B Principal), por exemplo, paga a inflação mais uma taxa de 4,05% ao ano. Na última quinta-feira (21), a rentabilidade oferecida era de 3,93% a.a.

Considerado uma opção de investimento de baixo custo e segura do ponto de vista de risco de crédito (calote do emissor), o Tesouro Direto permite investimentos mínimos de R$ 30. O investidor pode aplicar diretamente pelo site do Tesouro, se cadastrando primeiro no portal e abrindo a conta em uma corretora, como a Rico Investimentos, por exemplo, para intermediar as transações.

PUBLICIDADE

Pela manhã, a grande movimentação ocorreu no mercado futuro em meio ao nervosismo dos investidores após o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, anunciar que não fará a articulação política para aprovar a Previdência – o que eleva o risco da reforma acabar sendo muito desidratada.

Grande alta foi vista pela manhã entre os contratos de juros futuros, principalmente aqueles com vencimentos mais longos, como a taxa DI com vencimento em 2025, que chegou a subir 32 pontos-base, de 8,52% no fechamento de ontem para 8,84% na máxima de hoje. 

No começo da tarde, Maia respondeu a um tuíte da deputada estadual Janaína Paschoal: “Nunca vou deixar de defender a reforma da Previdência”. A resposta amenizou a preocupação do mercado, mas o impacto durou pouco. 

Às 15h, por exemplo, a taxa do contrato de juros DI com vencimento em 2025 já subia novamente, a 8,83%.

Confira os preços e as taxas dos títulos do Tesouro Direto hoje:

Título VencimentoTaxa de Rendimento (% a.a.)Valor MínimoPreço Unitário
Indexados ao IPCA 
Tesouro IPCA+ 202415/08/20244,05R$51,48R$2.574,42
Tesouro IPCA+ 203515/05/20354,39R$31,93R$1.596,66
Tesouro IPCA+ 204515/05/20454,39R$31,20R$1.040,26
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 202615/08/20264,02R$35,99R$3.599,50
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 203515/05/20354,29R$38,76R$3.876,38
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 205015/08/20504,46R$40,24R$4.024,05
Prefixados 
Tesouro Prefixado 202201/01/20227,75R$32,51R$812,98
Tesouro Prefixado 202501/01/20258,80R$30,74R$614,89
Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 202901/01/20298,97R$32,61R$1.087,10
Indexados à Taxa Selic 
Tesouro Selic 202501/03/20250,02R$100,08R$10.008,22