Em onde-investir / renda-fixa

Veja 3 bons conselhos para fazer seu filho se tornar um milionário

Um dos conselhos listados por especialista é ensinar como se investe desde cedo

SÃO PAULO – Ter um filho milionário, sem preocupações com dinheiro, é o desejo de muitos pais. No entanto, o que os pais devem fazer para ajudar seus filhos a seguir uma trajetória de sucesso no mundo dos investimentos e independência financeira. O InfoMoney conversou com Luisa Virgínia Machado, consultora de investimentos da L&I Investimentos e chegou a uma lista com três dicas para fazer os filhos milionários.

Você tem dúvidas sobre como organizar suas finanças? Quer investir melhor? Cadastre-se gratuitamente no Ganhe Mais e tenha acesso a uma rede de centenas de planejadores financeiros certificados e capacitados 

1 – Ensine como se investe desde cedo
Para fazer com que as crianças e adolescentes se tornem bons investidores, o primeiro passo é, justamente, ensiná-los a investir bem. “Os jovens da atualidade têm muito acesso à informação e vontade de aprender, desde que se fale com eles em uma linguagem interessante”, relata Luisa.

A especialista ainda afirma que, hoje, é possível ensinar o investimento na prática para os jovens desde cedo, graças à acessibilidade do Tesouro Direto, programa de compra e venda de títulos públicos do governo federal, que conta com aplicações mínimas de apenas R$ 30,00. “Se seu filho ganha mesada, incentive ele a investir uma parte do dinheiro dela, para assim ir aprendendo o funcionamento na prática”, diz.

2 – Deixe uma reserva financeira para os filhos
Uma reserva financeira que ajude os filhos a chegar à vida adulta com mais dinheiro pode ser um fator determinante para garantir que ele venha a se tornar milionário no futuro. No entanto, Luisa destaca que, antes de dar uma reserva, é importante ensinar o filho a administrá-la, mostrar que não é simples constituir um grande montante de dinheiro. “Primeiro se prepara a mentalidade do filho, para depois deixar um dinheiro para ajudar a vida adulta dele”, afirma.

3 – Não dê tudo de mão beijada
“Eu digo isso como mãe: muitas vezes, os pais tentam suprir todas as necessidades dos filhos e eles perdem a oportunidade de aprender a cuidar melhor do dinheiro e a investir bem”, diz a consultora de investimentos. Para Luisa, o melhor é não atender a todos os desejos dos filhos, mas sim fazer com que eles aprendam a poupar e investir, mostrando como o trabalho deles é parte importante para atingir objetivos desejados. “Esse tipo de lição, se aprendida desde cedo, pode formar bons poupadores, investidores e futuros milionários”, conclui.

Você está investindo bem seu dinheiro? Faça o teste aqui

 

Contato