Aprendendo a investir

Qual a melhor opção para começar a investir R$ 500 por mês?

Denis Cardinal Beltrão, CFP, planejador financeiro certificado pelo IBCPF, responde a pergunta de leitor do InfoMoney

Pergunta

Gostaria de saber qual a melhor opção para começar a investir R$ 500 por mês com intenção de juntar capital para realizar investimentos maiores no futuro? Considere que tenho pouca disciplina para poupar dinheiro?

Leitor: Alexandre

PUBLICIDADE

Resposta de Denis Cardinal BeltrãoCFP, Planejador Financeiro Certificado pelo IBCPF

Caro Alexandre,

O passo mais importante você já tomou, a iniciativa de poupar recurso apesar da pouca disciplina. Pode ter certeza, com os R$ 500 mensais você poderá formar uma ótima poupança.

Para um planejamento financeiro eficaz é importante observar alguns pilares importante antes de tomarmos qualquer decisão: perfil do investidor, objetivo do investimento, momento de vida e cenário econômico. 

Considerando o valor, e como não mencionou um prazo especifico e se possui ou não uma reserva financeira, minha sugestão será o Tesouro Selic, um título público que acompanha a taxa básica de juros que atualmente está em 14,25%.

As principais vantagens de investir em título púbico são:

PUBLICIDADE
  1. Baixo risco;
  2. Liquidez diária (Tesouro recompra os títulos diariamente);
  3. Rentabilidade atrativa;
  4. Aplicação mínima de R$ 30

Para investir no Tesouro Direto você terá algumas taxas sobre o valor investido:

  1. CBLC: 0,30% ao ano que é cobrada semestralmente, no primeiro dia útil de janeiro ou julho, ou na ocorrência de um evento de custódia (pagamento de juros, venda ou vencimento do título), o que ocorrer primeiro.
  2. Taxa de Custódia da Corretora: De 0% até 2%, depende da corretora que utilizar. Verifique os valores no site do Tesouro Direto (www.tesouro.fazenda.gov.br)

Além disso, há cobrança de imposto de renda sobre a rentabilidade caso realize algum resgate, sendo alíquota mínima de 15% após dois anos aplicados.

Para comprar o título é preciso abrir uma conta em um banco ou corretora que possibilite acesso ao Tesouro Direto.

E para colocar uma disciplina nos seus investimentos, o Tesouro Direto permite programar o investimento, o que ajuda irá lhe ajudar a investir. Em contato com o banco ou com a corretora, você pode programar uma espécie de “débito automático”, ou “aplicação automática”.

O site do Tesouro Direto (www.tesouro.fazenda.gov.br) poderá esclarecer todas suas dúvidas caso elas apareçam.

Denis Cardinal Beltrão é planejador financeiro pessoal e possui a certificação CFP® (Certified Financial Planner), concedida pelo Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros (IBCPF). 

As respostas refletem as opiniões do autor. O IBCPF e o Infomoney não se responsabilizam pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso destas informações.

Perguntas devem ser feitas por meio da plataforma Ganhe Mais. Cadastre-se gratuitamente e tire suas dúvidas com planejadores certificados e capacitados.