Renda fixa

Prêmios de títulos do Tesouro Direto caem nesta terça-feira após IPCA-15 abaixo do esperado

Considerado uma prévia da inflação, indicador registrou alta de 1,06% em dezembro, abaixo do avanço de 1,18% esperado

notas de 100 e 50 reais
(Shutterstock)

SÃO PAULO – Os prêmios pagos pelos títulos públicos do Tesouro Direto apresentavam queda na tarde desta terça-feira (22), após a divulgação da variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) abaixo do esperado.

Considerado uma prévia da inflação do país, o indicador registrou inflação de 1,06% em dezembro – o maior resultado mensal desde junho de 2018 (1,11%). Apesar disso, a alta de preços ficou abaixo do avanço de 1,18% esperado pelos economistas consultados pela Reuters.

Com o dado, o índice encerrou 2020 com aumento de 4,23%, acima da meta central do governo para o IPCA no ano, de 4%.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), trata-se da maior taxa anual de inflação desde 2016 (6,58%). Em 2019, o IPCA-15 apontou inflação de 3,91%.

No Tesouro Direto, o título prefixado com vencimento em 2023 pagava um prêmio anual de 4,49% nesta tarde, ante 4,59% ontem. A taxa paga pelo mesmo papel com vencimento em 2026, por sua vez, cedia de 6,62% para 6,57% ao ano.

Entre os papéis indexados à inflação, o com vencimento em 2026 pagava uma taxa anual de 2,46%, ante 2,48% pagos anteriormente. Já o juro pago pelo Tesouro IPCA+ com juros semestrais 2030 era de 2,89%, ante 2,88% ao ano no pregão anterior.

Confira os preços e as taxas dos títulos públicos nesta terça-feira (22):

Fonte: Tesouro Direto

Quadro doméstico

Ainda entre os destaques do dia na cena doméstica, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), foi preso nesta manhã, em operação conjunta do Ministério Público do Rio de Janeiro e da Polícia Civil.

A ação que levou à prisão de Crivella faz parte da Operação Hades, que investiga um suposto QG da propina na Prefeitura. Foram presos também o empresário Rafael Alves e o delegado Fernando Moraes. O ex-senador Eduardo Lopes (Republicanos-RJ) também é alvo da ação, mas não foi encontrado.

PUBLICIDADE

No campo fiscal, o Ministério da Economia prepara um projeto para permitir a cobrança de uma taxa sobre a valorização de imóveis declarados no Imposto de Renda. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o objetivo é elevar as receitas públicas. Atualmente, é cobrada uma taxa sobre a valorização do bem no momento da venda.

A ideia do ministro da Economia Paulo Guedes é permitir a possibilidade de atualizar o valor do imóvel no Imposto de Renda, e cobrar uma taxa entre 4% e 5% sobre o valor do aumento. Ainda não há cálculos sobre o valor potencial a ser captado pelo governo com a medida.

Coronavírus

Na cena externa, os mercados repercutiram a notícia de que a Comissão Europeia autorizou a vacina desenvolvida em parceria entre as farmacêuticas Pfizer e BioNTech para uso condicional, abrindo caminho para o início da vacinação no bloco, a exemplo do que já vem ocorrendo no Reino Unido e nos Estados Unidos.

Autoridades de vários países da União Europeia, incluindo França, Itália, Áustria e Alemanha, afirmaram que pretendem iniciar as imunizações em 27 de dezembro.

Os investidores seguiram monitorando ainda a nova cepa de Covid-19 que, além do Reino Unido, já foi identificada na Itália, Holanda, Bélgica, Dinamarca e Austrália. Diversos países se fecharam para voos partindo do Reino Unido, incluindo França, Holanda, Alemanha, Irlanda, Canadá e Israel.

Nos EUA, após meses de negociação, o Congresso aprovou na noite de ontem um pacote de estímulo à economia no valor de US$ 900 bilhões.

O pacote prevê recursos para uma nova rodada de pagamentos diretos aos americanos de US$ 600 por adulto e R$ 600 por criança, adiciona US$ 300 aos pagamentos semanais de seguro-desemprego por 11 semanas, estende dois outros programas de seguro-desemprego e fornece mais de US$ 300 bilhões em verbas para subsídio a pequenas empresas.

Quer migrar para uma das profissões mais bem remuneradas do país e ter a chance de trabalhar na rede da XP Inc.? Clique aqui e assista à série gratuita Carreira no Mercado Financeiro!

PUBLICIDADE